TV Globo/João Cotta

Será através da dança que Ayla (Tânia Khalill) poderá reconquistar, de vez, o coração de Zyah (Domingos Montagner). Aconselhada por vó Farid (Jandira Martini), e convidada por Cyla (Walderez de Barros) para dançar em seu restaurante, Ayla fará um show de dança turca e mostrará que pode ser uma boa esposa, sim, mas também é uma excelente dançarina.

Ayla surpreende a todos, deixando familiares e amigos divididos quando entra no salão, vestida de cigana. Uns aplaudem e outros se mostram atordoados ao vê-la fazendo a dança dos véus. Muito sensual, Ayla joga um dos lenços para Zyah. O guia de turismo não se segura e, num ímpeto de ciúmes e de raiva, interrompe o número. Zyah segura Ayla pelos braços e, carregando-a no colo, deixa o local com a mulher. Indignada, Sarila (Betty Goffman) tenta ajudar a filha, mas vó Farid não permite: “Não vá atrás!”, ordena. Do lado de fora do restaurante, Bianca (Cleo Pires) vê o tumulto e reconhece o casal. Será que, desta vez, a brasileira desistirá do guia de turismo turco?

As cenas foram gravadas na quarta (8), com a participação de grande parte do elenco da Capadócia. Toda a equipe aplaudiu a performance de Tânia Khalil ao final das gravações. Feliz, a atriz, que foi bailarina por mais de 15 anos, já pensa até em voltar a dançar, mas como diversão. “Gostei muito do resultado e fiquei com muita saudade do tempo em que dançava profissionalmente. Estou procurando algum lugar, perto de casa, onde eu possa fazer dança de salão, jazz, dança contemporânea….me divertir”, contou. “Foi um sonho fazer esta cena e resgatar a dança na minha vida”, completou.

Tânia fez apenas seis ensaios com a coreógrafa Sandra Regina Ferreira, que também não poupou elogios à atriz: “O resultado ficou acima da minha expectativa. Tânia pegou tudo muito rápido. E, além disso, entendeu a proposta da dança. Ali, era tudo ou nada para sua personagem, a Ayla. Ela estava dançando, mostrando toda sua força, para ganhar ou perder de vez o amor de Zyah”.

As cenas estão previstas para ir ao ar na próxima quarta-feira, dia 15. ‘Salve Jorge’ é escrita por Glória Perez e tem direção de núcleo de Marcos Schechtman, direção geral de Marcos Schechtman e Fred Mayrink.