Sentados em um canto da festa, Angélica e Dourado conversam sobre relacionamentos. A jornalista conta que está apaixonada e pede conselhos ao lutador. "É se expor bastante, Morango", diz o brother.

"Tô pedindo justamente o seu conselho porque você é menos emotivo", justifica Angélica.

Dourado brinca com a sister. "Você tá apaixonada. Acho que tem que tentar. Vai que rola alguma coisa. A galera tem uma cabeça tão aberta. Você acha que não?", questiona o gaúcho. "Pra isso, acho que não. E se fosse você?", insiste Angélica.

O brother explica como age quando está afim de alguém. "Eu só chego em mulher se ela me olha no olho e eu sinto que dá. Aquele negócio recíproco", diz.

Angélica diz que está confusa. "Como distinguir o que é brincadeira de uma coisa séria?", pergunta a jornalista, que está preocupada em se envolver com alguém e acabar saindo do programa.

"Eu acho que você não deve se encolher porque você pode sair na semana que vem. A vida é assim", diz Dourado.

A conversa continua e Angélica diz que o que mais sente falta, no confinamento, é beijar na boca. "Você levou fora na outra vez que participou?", pergunta a mineira. Dourado responde que não. "Era isso. Obrigada", encerra Angélica, abraçando o brother.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here