MSN

segunda-feira, 17 de junho de 2024

50 mil pessoas assistem ao último show do Skank no Mineirão

Banda encerrou ciclo de 32 anos neste último domingo (26)

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Banda Skank - Foto: Globo
Banda Skank – Foto: Globo

O último show da banda Skank, neste último domingo, 26 de março, contou com mais de 50 mil pessoas no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte-MG. Sendo assim, após a apresentação mais do que emocionante, o vocalista do grupo, Samuel Rosa, comentou sobre a emoção de ter escolhido a cidade mineira para o fim do ciclo de 32 anos da banda.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, muito emocionado, Samuel Rosa afirmou para à TV Globo: “Um Mineirão lotado na nossa frente, é difícil explicar o que a gente ‘tá’ sentindo aqui agora”, contou. No entanto, ele ainda comentou sobre a escolha da cidade para o último show.

+ Skank se apresenta pela última vez neste domingo: “O Último Show”

“A banda que começa em Belo Horizonte lá nos anos 90, tocando em bares […], festinha de faculdade, enfim, qualquer buraco a gente ‘tava’ tocando… Imaginar, talvez, quem pudesse, na melhor das hipóteses, durar três anos, tinha tudo para dar errado, e ‘tamo’ aqui, 32 anos depois. […] O ponto final tinha que ser na nossa cidade, tinha que ser em Belo Horizonte, a gente ‘tava’ certo!”, disse o vocalista.

- Continua após o anúncio -

Mais sobre a matéria da banda Skank

Sendo assim, Milton Nascimento, ainda, participou de forma especial do show que durou três horas e emocionou a grande multidão. No show, Milton cantou “Resposta”, do álbum Siderado, de 1998. O cantor Bituca também se apresentou ao lado da banda.

+ BBB23: Festa do reality teve show de Skank, DR e analises de jogo

- Continua após o anúncio -

Além disso, para a reportagem da TV Globo, Samuel ainda explicou: “A maior dúvida de uma banda, quando ela começa, é saber quanto tempo essa brincadeira maravilhosa vai durar, você viver de arte, você viver da sua música… A gente teme muito ser efêmero nesse mundo da música popular, da música pop. Eu tinha várias dúvidas, óbvio, todos nós, com uma tenra idade, com 24, 25 anos. E hoje a gente sobe [ao palco] com todas as respostas. Isso é incrível!”, afirmou o cantor, que cantou junto com os amigos, seus principais sucessos.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.