MSN

sexta-feira, 24 de maio de 2024

“A gente tem que ter empatia”, diz Sabrina Sato após fala de Taís Araujo sobre aborto

Apresentadora concordou com as falas da amiga global

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Apresentadora Sabrina Sato
Apresentadora Sabrina Sato – Foto: Reprodução/GNT

A apresentadora Sabrina Sato, nova contratada do Grupo Globo e uma das comandantes do ‘Saia Justa’ no canal GNT, também resolveu se pronunciar sobre a legalização do aborto no Brasil. Sendo assim, na atração da TV paga, a artista concordou com Taís Araujo, que frisou que ‘muitas mulheres estavam morrendo e ninguém estava lidando com o tema, em questão, de forma madura’.

- Continua após o anúncio -

+Sabrina Sato pode ganhar mais um programa na Globo

Dessa forma, ao vivo no programa ‘Saia Justa’, Sabrina Sato enfatizou a fala de Taís Araujo e ainda pediu mais empatia da população e dos governantes sobre o tema, que foi abordado na atração, nesta última quarta (01). “A gente nunca se coloca no lugar dessa mulher. Quem é essa mulher? O que ela estava sentindo? Por que que ela chegou nessa situação? O homem está sempre de olhos fechados nesse momento. Você acha que essa mulher não está sofrendo?”, pontuou a apresentadora.

Mais sobre a matéria de Sabrina Sato

Sendo assim, a japonesa mais querida do país seguiu com o desabafo: “O que está se passando na cabeça dessa mulher que ela está arriscando a própria vida, ela sabe que está fazendo algo que é proibido por lei… A gente tem que ter empatia, tem que se colocar no lugar das outras mulheres. Meio milhão de brasileiras fazem aborto todo ano e não vão deixar de fazer”, destacou a apresentadora.

- Continua após o anúncio -

+Sabrina Sato revela medo em relação ao futuro da filha, Zoe: “Fico muito preocupada”

Além disso, Astrid Fontenelle, também comandante do ‘Saia Justa’, deixou a sua opinião sobre o tema e relembrou de seu passado, ao falar que já precisou realizar um aborto. “Na hora que eu assumo que eu tinha feito um aborto, nem sei há quantos anos eu falei isso aqui no GNT, mas já faz algum tempo, falei porque eu não aguentava mais ver números sem rosto. O silêncio sobre o assunto. Tem o silêncio de quem faz, porque é crime, tem o silêncio da sociedade, tem o silêncio dos médicos, que poderiam estar juntos, colados nisso…”, desabafou ela, visivelmente emocionada.

- Continua após o anúncio -

Veja a fala da apresentadora:

https://twitter.com/canalgnt/status/1532187816691699712

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.