Allison Mack/Instagram
Allison Mack/Instagram

Nesta última sexta-feira (04), foi marcado para o dia 1º de outubro, o julgamento da atriz acusada de recrutar mulheres para serem escravas sexuais de uma seita, Allison Mack. Ela é conhecida por ter atuado na série “Smallville”.

Segundo informações do Daily Mail, Allison pouco falou durante a sessão, e ignorou a presença de Keith Raniere, apontado como líder da seita, chamada NXIVM. Esse foi o primeiro encontro de Allison com Raniere após a mesma decidir se desligar do grupo, como parte de seu acordo de fiança no valor de 5 milhões de dólares.

Durante a sessão, Raniere tentou várias vezes chamar a atenção da atriz, porém, ele não obteve sucesso. A acusação falou que mais acusações deverão ser apresentadas em breve.

Entenda o caso

Allison Mack foi acusada de participar de um culto de auto-ajuda, onde mulheres eram marcadas na pele e coagidas a terem relações sexuais, chamado de culto sexual. Ela foi presa nos Estados Unidos, segundo a revista Variety, a atriz foi indiciada pelas acusações de tráfico sexual, conspiração de tráfico sexual e conspiração de trabalho forçado.

Atualmente com 35 anos, ela pode ter uma pena de 15 anos a prisão perpétua, caso seja condenada. De acordo com os procuradores, Allison era responsável por convocar mulheres para o programa de auto-ajuda, chamado de NXIVM, que é baseado na cidade de Albany… Saiba mais!



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here