MSN

quinta-feira, 25 de julho de 2024

Catia Fonseca fala sobre os 30 anos de carreira e machismo na TV: “não é aceitável”

Apresentadora de 54 anos, reflete sobre a sua trajetória nas telinhas

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Catia Fonseca - Foto: Divulgação/Band
Catia Fonseca – Foto: Divulgação/Band

A apresentadora Catia Fonseca, de 54 anos de idade, abriu o coração ao refletir sobre os 30 anos de carreira na TV e revelar que, no passado, encarou o machismo de perto, desabafando sobre o tema em uma entrevista bastante reveladora, ainda afirmando que o mesmo, ‘não é mais aceitável’.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, durante um breve bate-papo com o Gshow, Catia Fonseca declarou: “Venho de uma geração que muitas coisas aconteciam e a gente não sabia que nome dar. Era um comportamento que se fazia natural, mesmo que causasse certo incômodo e estranheza. Porque a gente não tinha a oportunidade, como a gente tem hoje, de debater sobre assuntos como machismo e assédio. E isso é importante ser feito, o alerta para as mulheres de que isso não é aceitável“, disse ela, que atualmente comanda o ‘Melhor da Tarde’ na Rede Bandeirantes.

+ Catia Fonseca presta homenagem a equipe do ‘Melhor da Tarde’: “Vocês merecem o mundo”

Na sequência, Catia ainda conta: “É um trabalho que a gente tem que fazer no dia a dia. Por muitas vezes, em várias reuniões, os homens falavam primeiro e só depois que a gente tinha a oportunidade de falar. É um modo automático, que sempre foi assim e ninguém nunca questionou. Só que, agora, a gente está questionando e reivindicando nosso espaço. Não está mudando na velocidade que deveria, mas está mudando. E é um trabalho que a gente deve fazer todos os dias.

- Continua após o anúncio -

Mais sobre Catia Fonseca

Sendo assim, a apresentadora do ‘Melhor da Tarde’, ainda comentou sobre o etarismo, chegando a confidenciar que é muito privilegiada, devido ao seu trabalho. “Sou muito privilegiada por conta do meu trabalho, mas a gente vive em um mundo muito preconceituoso e machista. Muitos homens são aceitos no mercado de trabalho mais velhos. E isso não acontece com as mulheres. Tenho 54 anos e posso passar por isso. É importante saber como reagir e estar se sentindo segura, na medida do possível, caso isso venha a acontecer. Nós precisamos nos unir e se incentivar uma a outra“, declarou ela.

+ Catia Fonseca surpreende com publicação e web dispara: “concordo plenamente”

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.