Samara Felippo reprodução Instagram
Samara Felippo/ Reprodução Instagram

Samara Felippo acabou passando por uma situação bem complicada e deixou os fãs assustados ao relatar que precisou ser hospitalizada na última quinta feira (23), através das redes sociais.

+Morre mãe da cantora Céline Dion, aos 92 anos, vítima de sério problema de saúde

A atriz acabou mais tarde voltando as plataformas digitais para explicar o que de fato aconteceu para que ela necessitasse de ajuda médica, a atriz acabou explicando o que teve: “Pielonefrite.”Já ouviu falar? Fiz esse vídeo só pra alertar e dar algumas dicas sobre a doença. Espero que eu ajude. E lembrem-se: bebam água!”, postou ela, em seu Instagram.

Samara acabou tendo uma infecção urinária, isso aconteceu por uma bactéria que atinge os rins. “Estou colhendo a longo prazo por causa de maus cuidados comigo mesma”, ressaltou, aproveitando para aconselhar o público.

Ela aproveitou o que aconteceu e resolveu dar algumas dicas aos seguidores: “Pequenas dicas que quero dar, alertar especialmente nós, mulheres. Uma das principais causas é falta de beber. Água! Não bebo porque tenho preguiça de fazer xixi, porque meu estômago fica cheio. Bebam muita água. Isso não é besteira”, disse.

A atriz continuou falando sobre hábitos do dia a dia que não se deve cometer, por mais que estejamos acostumados “Forçar o xixi pra sair, às vezes, está na balada, no aeroporto. Ou faz aquele malabarismo, aquela posição pra não sentar. Forçar pra sair mais rápido… Forçar causa a bexiga caída e a infecção. Então, forra, senta e faz seu xixi com calma”, aconselhou.

E para finalizar, ela ainda falou sobre higiene pessoal: “Li que duchinhas e bidês não fazem bem pra higiene. Tem que tomar cuidado em como se limpar. Logo depois da relação sexual é importante a mulher fazer xixi. Dá preguiça, mas vai lá e faz seu xixizinho”, completou

Segundo ela, tudo começou com uma forte cólica, mas que coincidiu com seu período menstrual. “Acordei com calafrios, tive dor na lombar, aqui atrás, muito forte, dor de cabeça, mal-estar e corri pro médico. Fiquei três dias internada, tendo crises de tremedeira, porque chegou a alcançar o rim. E o tratamento é com antibióticos.”

Assista o vídeo:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here