MSN

terça-feira, 16 de julho de 2024

Luciano Huck se posiciona no ‘Domingão’ sobre a PL do aborto: “criança não é mãe”

O apresentador ainda falou sobre o último caso envolvendo estupro a vulnerável, veja o vídeo!

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Luciano Huck
Luciano Huck – Foto: Domingão/TV Globo

O apresentador Luciano Huck usou seu ‘Domingão‘ para se posicionar sobre um dos assuntos mais importantes da semana. No palco da atração, ele se posicionou contra o Projeto de Lei que equipara aborto após 22 semanas de gravidez ao crime de homicídio, que teve sua urgência de votação aprovada pela Câmara dos Deputados na ultima quinta-feira (13).

- Continua após o anúncio -

No palco do ‘Domingão’, Luciano Huck foi enfático ao comentar o assunto e destacar um dos casos mais recentes de estupro a vulnerável: “Essa semana que passou, eu comecei a ler, na quinta e na sexta-feira, que a Câmara dos Deputados está avaliando um Projeto de Lei que equipara a pena do crime de aborto ao crime de homicídio. Esse projeto cria uma situação tão absurda, que independente da sua posição política, das suas convicções morais, das suas convicções religiosas, eu quero dizer que isso me causa profunda indignação“, disse Huck.

+ Sonia Abrão manda a real para TV Globo em relação ao Luciano Huck no ‘Domingão’: “Acorda!”

Adiante, o comunicador citou o último caso envolvendo estupro a vulnerável, para exemplificar como essa PL funcionaria no dia a dia: “Semana passada, um caso assombroso de um pai. ‘Pai’. Isso não é pai o que eu vou falar agora. Mas, teoricamente, de um pai, que foi preso depois de ser flagrado cometendo um crime de abuso sexual contra a própria filha de 17 anos que estava internada em uma UTI. Essa é a história, escabrosa. Só pra trazer pra realidade, este projeto que vai ser votado na Câmara dos Deputados, este homem, se é que pode chamar isso [assim], não sei nem o que é uma pessoa que faz isso, pode pegar uma pena menor do que a filha que foi estuprada, menor do que a vítima“, explicou.

- Continua após o anúncio -

Desabafo de Luciano Huck

Na sequência, o apresentador declarou: “Porque se ela vier a interromper a gravidez depois de 22 semanas, que é o que está nessa lei, seja por demora na Justiça ou qualquer outro empecilho que uma vítima de abuso enfrenta hoje em dia pra ter acesso ao aborto legal, inverte os papéis. Não faz o menor sentido!“, complementou. “E, de novo, não é uma questão ideológica, é uma questão de lógica mesmo. Criança não é mãe!“, disse.

+ Ticiane Pinheiro faz agradecimento especial a Luciano Huck após aparecer na Globo: ‘Admiração’

- Continua após o anúncio -

Veja abaixo o vídeo:

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.