MSN

domingo, 21 de julho de 2024

Marido de Ana Hickmann pode ser investigado por violência contra o filho, Alezinho, de nove anos

Alexandre Corrêa pode responder por violência contra o filho devido ao fato de o menino ter presenciado a suposta briga com Ana Hickmann.

-

-

Henrique Furtado
Henrique Furtado
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Alexandre Correa
Alexandre Correa (Foto: Reprodução/Instagram)

O empresário Alexandre Corrêa pode ser alvo de um inquérito policial para apurar o comportamento diante da suposta briga que teria vivido com a mulher, a apresentadora Ana Hickmann, em eventual contexto de violência doméstica. O incidente, conforme relatado pela imprensa, teria ocorrido no último final de semana na residência do casal. Na ocasião, a comunicadora teria acionado a Polícia Militar e prestado depoimento perante a Autoridade Policial.

- Continua após o anúncio -

Contudo, um eventual inquérito policial a ser instaurado em face de Alexandre Corrêa pode levar em consideração também uma possível violência contra o filho do casal, Alexandre, ou Alezinho, como é carinhosamente chamado pela família, o qual tem nove anos de idade. Foram essas as informações dadas ao portal UOL pela promotora de Justiça Valeria Scarance.

De acordo com a presentante do Ministério Público, o ordenamento jurídico brasileiro prevê a imputação de violência contra os filhos no contexto doméstico, caso estes presenciem eventuais violências contra a mãe. Logo, caso seja comprovada a suposta agressão de Alexandre Corrêa contra Ana Hickmann, o filho do casal, na condição de testemunha ocular, necessariamente sofreria violência psicológica pelo fato de ter sido exposto à agressão contra a sua mãe.

Ana Hickmann surge nos bastidores do ‘Hoje em Dia’ e afirma: “Cada dia mais forte”

- Continua após o anúncio -

“Violência contra a mulher na presença dos filhos é violência contra filhos e filhas. Não é uma opinião, é lei. A lei diz que praticar um ato contra uma pessoa da família, tornando aquele filho ou filha testemunha, é violência psicológica contra criança. Também podemos falar em crime contra o filho do casal, que é um crime de expor essa criança a um constrangimento, pelo fato de presenciar a mãe sendo agredida ou humilhada. Tem previsão legal também no Estatuto da Criança e do Adolescente”, explicou.

Ana Hickmann surge com hematoma no braço durante o programa Hoje em Dia

- Continua após o anúncio -

Por enquanto, os fatos seguem nas mãos da polícia civil, no âmbito do inquérito policial. Somente diante da conclusão das investigações é que o Ministério Público será convidado a se manifestar, escolhendo oferecer ou não a denúncia. Oferecida e aceita pelo Poder Judiciário, Alexandre Corrêa pode virar réu e responder a processo criminal.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Henrique Furtado
Henrique Furtado
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!