Meire Nogueira / Reprodução
Meire Nogueira / Reprodução

Mais uma perda para o jornalismo brasileiro. A apresentadora de televisão Meire Nogueira faleceu na noite desta quarta-feira (05), vítima de um câncer que havia descoberto há apenas um mês. Meire tinha 78 anos e estava em tratamento em Curitiba, passou por operação para retirada do tumor, mas teve complicações no quadro clínico, entrando em coma. O corpo foi velado em Paraná.

Meire foi reconhecida nacionalmente por ser garota-propaganda quando ainda não haviam videoteipes, apresentando produtos ao público e mostrando suas funcionalidades. Meire foi também jornalista e radialista de sucesso, apresentando programas na extinta TV Tupi e na Rede Record.
Ganhou diversas premiações, entre elas o Troféu Roquette Pinto e o Troféu Imprensa. A partir dos anos 80, Meire se dedicou a programas voltados para a terceira idade.
Era dona do ‘Tempo de Viver’, primeiro programa brasileiro de televisão voltado para a terceira idade e que durou cinco anos. A carreira de Meire foi muito maior que esses empreendimentos: apresentou o ‘Meire Noguera & Cia’, programa político e econômico de Brasília/DF, e o ‘Alegria de Viver’, exibido no Paraná e que seguia o mesmo seguimento do ‘Tempo de Viver’.

Meire Nogueira também foi atriz nos anos 60, integrando sucessos como o filme ‘Um Marido Barra-Limpa’ e as novelas ‘Gutierritos’, ‘Drama dos Humildes’ e ‘O Direito de Nascer’.

Confira também!

Dupla sertaneja morre em acidente; saiba mais

Colaborou Luan Santos



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here