fbpx

Morre famosa atriz e cineasta brasileira

-

Núcia Ferreirahttps://www.areavip.com.br/
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.

Comente

Veja também

BBB 21: Rafael Portugal comenta liderança de João Luiz e diverte seguidores – ”Planta faz isso?”

Logo após o final da prova, o humorista Rafael Portugal usou sua conta no Twitter para zoar o Líder da semana João Luiz e divertiu os internautas.

BBB21: Projota reclmama de Arthur: “Chato para car*lho”

Veja o que Projota falou sobre o seu colega de confinamento no 'BBB 21'.

BBB21: Caio quebra o silêncio sobre abstinência sexual no reality

Veja o que Caio Afiune falou sobre o que estaria passando no 'BBB 21'.

Dilma Lóes – Reprodução Youtube

Morreu nesta sexta-feira (31) a atriz e cineasta Dilma Lóes aos 70 anos. De acordo com o G1, ela tratava de um câncer e não teve sucesso no tratamento contra a doença.  Nos últimos dois anos, a artista estava morando na Flórida, nos Estados Unidos. Dilma é mãe da atriz Vanessa Lóes, casada com Thiago Lacerda.

Sua estreia na TV foi na novela ‘Tempo de Viver’, TV Rio, mas tornou-se mais conhecida em ‘O Bem-Amado’, TV Globo, a primeira novela brasileira produzida em cores.

Diretor Alan Parker morre aos 76 anos

Filha do ator e radialista Urbano Lóes e da atriz Lídia Mattos, começou escrevendo e dirigindo suas próprias peças na escola. Estreou no cinema em 1969 atuando nos filmes Meu Nome é Lampião, Parafernália, o Dia da Caça.

Em 1970, atuou ao lado de Mazzaropi em Betão Ronca Ferro. Ela ainda roteirizou e atuou em filmes como ‘Quando as Mulheres Paqueram’ e ‘Aquela Gostosa Brincadeira a Dois’, com Carlo Mossy, Vera Fischer e Cléa Simões. Ela foi casada com o também cineasta  Victor di Mello, com quem se casou e teve a filha Vanessa Lóes.

Durante seu tempo na Globo participou de uma série de programas de Os Trapalhões. Ainda nos anos 80 escreveu, dirigiu e produziu o musical infantil  ‘Se a Banana Prender o Mamão Solta’,  que foi um grande sucesso de bilheteria e era ao mesmo tempo uma crítica aos preconceitos e normas da sociedade contemporânea.

Marido de Alessandra Scatena morre por Covid-19

Produziu também documentários de cunho social importante, entre eles ‘Quando o Crioulo Dança’, que acompanhava o movimento negro e abordava o tema do racismo no Brasil; e “Nossas Vidas”, em defesa dos direitos da mulher e da luta contra o machismo institucionalizado. Ganhou o Kikito de melhor atriz coadjuvante no Festival de Gramado , em 1979,  pelo filme ‘A Volta Do Filho Pródigo’.

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP - TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos Famosos - Clique Aqui!

Núcia Ferreirahttps://www.areavip.com.br/
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas TV & Famosos