Mulher de cantor falecido lamenta: “Ainda espero ele chegar”

A mulher de um cantor que morreu no ano passado vítima de um câncer fez um desabafo emocionante em entrevista; saiba!
Ilustração – Silhueta Cantor

A dor da perda é irreparável e somente o tempo poderá amenizar, mesmo que varie de pessoa para pessoa. Já o caso da esposa de um famoso cantor que morreu no ano passado, ainda sente muita falta do amado.

Em entrevista ao jornal Extra, Silvia Catra, viúva do funkeiro Mr Catra, lamentou a saudade do marido que faleceu vítima de um câncer: “Fui casada com Catra 25 anos. Todos os dias ainda espero ele chegar. Catra foi e sempre vai ser muito importante para mim, ele sempre foi muito responsável com a família, e hoje me vejo tendo que tomar decisões sozinha. Ainda bem que tem fartura de respeito e amor aqui em casa”.

Mr Catra/Reprodução Instagram

Silvia também revelou como a sua vida mudou sem o cantor: “Hoje vivemos numa realidade bem diferente. Catra sempre trabalhou muito e, na medida do possível, sempre tivemos uma vida tranquila. Com a morte dele, tivemos que aprender a viver em uma nova realidade. Na hora em que estamos bem, todo mundo está do seu lado. Quando você cai, cadê os amigos?”.

Desabafo

Embora esteja enfrentando um câncer, a morte de Mr. Catra deixou todo mundo abalado no ano passado. Quem mais parece ter sentido a dor da perda do funkeiro foi Silvia, uma de suas mulheres, com quem ele teve vários filhos.

Em diversas entrevistas a viúva já detalhou a saudade que ela e os filhos sentem do cantor, Silvia também já causou polêmica. Saiba mais!

Homenagem

Na data que completou cinco meses de sua morte, o cantor ganhou uma linda homenagem da esposa em suas redes sociais. Silvia, esposa do funkeiro, compartilhou uma foto do marido com os dizeres: “Hoje faz 5 meses que você partiu. Se estivesse aqui tudo seria diferente. Hoje sinto muita saudade. Te amo eternamente”.

Na legenda da publicação, ela reafirmou o sentimento e revelou que mesmo meses após sua morte. Veja!

Veja também:

Famosos lamentam a morte de Mr. Catra