Natallia Rodrigues (Victor Carnevale)
Natallia Rodrigues (Victor Carnevale)

No longa “Virando a Mesa”, Natállia Rodrigues interpreta a lutadora Kimi, que enfrenta outras mulheres em ringues clandestinos, organizados pelo agiota Chefia (Claudio Manoel).

O filme de ação com doses de humor politicamente incorreto narra a trajetória de Jonas (Rainer Cadete), policial novato que tem a missão de fechar o clube de poker que funciona em uma boate clandestina. A mesa de jogatina é comandada pelo temido Mazzilli (Stepan Necerssian). O “mocinho às avessas” se vê obrigado a entrar em uma das mesas de apostas e se insere numa espiral de acontecimentos, tudo em menos de 48 horas. O personagem também se envolve com a sexy Nina (Monique Alfradique), protagonista de uma das cenas mais esperadas, a de um strip-tease.

O humorista Claudio Manoel interpreta Chefia, agiota que paralelamente tem como negócio promover lutas entre mulheres, uma delas é a sadomasoquista Kimi (Natallia Rodrigues). Um enredo divertido e transgressor em tempos politicamente corretos. O longa é todo rodado em locações no Rio, com destaque para uma boate próxima aos inferninhos da zona portuária.

Dirigido por Caio Cobra (de “Sobrevivi ao Holocausto”), “Virando a Mesa” marca sua estreia na direção de ficção. Cobra também é responsável pelo roteiro e montagem. A trilha sonora é inédita e está sendo feita especialmente para o longa pelo Estúdio Jukebox.

O projeto é produzido pela Media Bridge, que tem em seu line up de filmes, “Chacrinha”, longa-metragem sobre a vida do “Velho Guerreiro” e se prepara também para as filmagens de “Não aprendi Dizer Adeus”, cinebiografia do cantor Leonardo, além de “O anjo pornográfico”, longa baseado no livro de Ruy Castro sobre Nelson Rodrigues que terá Alexandre Nero no papel principal e direção de Mauro Mendonça.

A previsão de lançamento é no primeiro semestre de 2018.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here