sábado, 21 de maio de 2022

Últimas

Neurologista dá detalhes sobre quadro convulsional de Luísa Mell

-

Gabriel Arruda
Gabriel Arruda é redator web especialista em notícias dos Famosos brasileiros e das Celebridades, Influencers e Personalidades da mídia em geral.

@siteareavip

Instagram

Veja também

- Continua após o Banner -

Luisa Mell/Instagram
Luisa Mell (Foto: Instagram)

- Continua após o anúncio -

A ativista Luísa Mell passou por um momento um tanto delicado recentemente. A infleunciadora digital foi internada em São Paulo logo após um quadro de covulsão. A situação ocorreu enquanto Luísa estava presente em um show, lá ela teve convulsões, caiu no chão e bateu as costas. Agora, o neurologista e neurocirugião Wanderley Cerqueira dá mais detalhes sobre o caso da apresentadora.

Luisa Mell recebe alta após ser internada às pressas

Em entrevista dada a Revista IstoÉ o doutor que trabalha no Hospital Albert Einstein começa respondendo qual a causa de uma convulsão. Wanderley diz: ”Uma convulsão corresponde a contrações musculares no corpo, que podem acometer braço, perna, face, todo um lado do corpo ou até mesmo generalizada. Existem vários tipos de convulsões,desde período de ausência (desligamento) até contrações generalizadas com perda de consciência, salivação, perda de urina e sonolência após a crise.”, explica o médico.

- Continua após o anúncio -

Logo em seguida ele é perguntado sobre o caso de Luísa Mell, que recentemente teve uma convulsão, e se isso poderia estar relacionado com o fator estressante. O neurologista responde dizendo o seguinte: ”O estresse por si só não é a causa de uma crise convulsiva. As crises podem ser desencadeadas se o paciente tem histórico de epilepsia ou antecedente de outras crises.”, afirma o profissional de saúde.

Luisa Mell é internada as pressas com problemas de saúde: “Caí no show”

- Continua após o anúncio -

Posteriormente é perguntado qual o tratamento mais adequado para uma pessoa que passou por um quadro de convulsão. O Dr. Wanderley explana: ”O tratamento deve o correr se o paciente tem crises frequentes ou repetidas e ser medicado com anticonvulsivante. Sempre deve-se investigar as possíveis causas com exames de imagem (Tomografia, ressonância docérebro e eletroencefalograma para se destacar atividades irritativas nos neurônios – descargas eletroquímicas). Antigamente ainda se tem algum estigma para pacientes com epilepsia, mas as informações ao público melhoram muito.”, explica o especialista. A ativista dos direitos da causa animal recebeu alta no dia de hoje, 13 de maio.

- Continua após o anúncio -

+ Novidade: Área VIP no Telegram – Clique Aqui e fique por dentro!

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP – TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos FamososClique Aqui!

Adicione no Whatsapp
Gabriel Arruda
Gabriel Arruda é redator web especialista em notícias dos Famosos brasileiros e das Celebridades, Influencers e Personalidades da mídia em geral.

Últimas TV & Famosos