Regina Casé lamenta morte de Alberto da Costa e Silva e desabafa ao relembrar ida do historiador ao ‘Esquenta’

Historiador morreu na madrugada deste domingo (26) e a apresentadora afirmou que ele era um cara muito importante para ela

-

-

Colaboradores
Colaboradores
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Regina Casé lamentando a morte do diplomata Alberto da Costa e Silva (Reprodução: Instagram da atriz e apresentadora)
Regina Casé lamentando a morte do diplomata Alberto da Costa e Silva (Reprodução: Instagram da atriz e apresentadora)

Regina Casé usou as redes sociais para lamentar o morte do historiador e diplomata Alberto da Costa e Silva, neste domingo, 26 de novembro. No desabafo, a apresentadora, que estava à caminho das gravações do filme sobre Dona Lurdes, disse que a personalidade foi muito importante para ela em diversas áreas de sua vida.

- Continua após o anúncio -

“Estou no meio do trabalho, apesar de ser domingo desde cedinho, e também no meio de tanta festa… Mas mesmo com tanto trabalho e tanta festa, tenho que parar nesse cantinho para falar que se apagou um grande farol da minha vida. Um cara muito importante para mim. Alberto da Costa e Silva pagou fisicamente, mas ficam todos os livros, cursos que eu fiz e principalmente uma amizade calorosa, amorosa, onde eu aprendi tanto. Sempre adorei o Alberto. Vai me fazer uma falta enorme e ao Brasil mais ainda”, disse Regina Casé, através dos Stories do Instagram.

+ Regina Casé teria feito exigências inusitadas à TV Globo à época de ‘Todas as Flores’, diz colunista

A atriz também compartilhou imagens ao lado do diplomata e vivências que teve com ele, na época que o acadêmico foi um dos convidados do programa “Esquenta”, comandado pela apresentadora: “Tudo bem que ele já tinha uma certa idade, mas perder o Alberto da Costa e Silva é perder um amigo com humor mais refinado, sabedoria mais informal, coloquial apesar de ser um acadêmico, um poeta, um escritor, um professor”, declarou Casé.

- Continua após o anúncio -

“Entre todos os ensinamentos que ele me deu foi a coragem de dizer com firmeza e segurança que eu fui muito mais colonizada por africanos do que por europeus. Para vocês entenderem o tipo de coisa que ele me deu coragem de pensar, de falar, forma para explicitar, para lutar por isso. É impressionante, um homem branco que me ensinou tanto sobre antirracismo, sobre a importância de todas as culturas negras”, concluiu a apresentadora.

+ Regina Casé lamenta a morte da pessoa que mais a amou na vida: ‘lembro dela todos os dias’ 

- Continua após o anúncio -

Alberto da Costa e Silva, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), morreu na madrugada deste domingo, dia 26, aos 92 anos. Segundo a ABL, o diplomata faleceu de causas naturais. Ele era viúvo e deixou três filhos – Elza Maria, Antonio Francisco e Pedro Miguel – sete netos e uma bisneta. De acordo com o jornal Extra, o corpo do acadêmico será cremado amanhã, mas a cerimônia de cremação será apenas para a família.

Confira:

Regina Casé se pronunciando nos Stories sobre a morte do amigo (Reprodução; Instagram)
Regina Casé se pronunciando nos Stories sobre a morte do amigo (Reprodução; Instagram)

Colaborou: Matheus Nunes

- Continua após o anúncio -
BBB 24 na Área!

Enquete BBB24: Qual o participante favorito para vencer o reality? Vote

Quem deve ganhar o BBB24? Vote na Enquete e veja a parcial da votação aqui no Área VIP

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Colaboradores
Colaboradores
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!