Paula Fernandes – Reprodução: Instagram (Montagem: Área VIP)
A cantora sertaneja Paula Fernandes foi uma das convidadas do Altas Horas, da TV Globo, exibido neste último sábado (29). Lá, ela falou sobre uma das fases mais complicadas de sua vida, a depressão que enfrentou antes de ficar famosa.
Em seu depoimento, Paula Fernandes se emocionou ao lembrar suas dificuldades e ressaltou o quão importante foi a doença para se tornar a mulher que é hoje: “Vivi tudo o que pode imaginar. Foi muito enriquecedor porque vivi tudo intensamente. Foi a pior fase da minha vida, entretanto a melhor, porque eu descobri quem sou hoje. Daquelas cinzas nasceram o pássaro de fogo que sou. Não tinha capacidade de fazer uma escolha simples”, disse a artista.
A cantora também alertou sobre a importância de levar a sério quando alguém conhecido apresenta os sintomas: “É uma doença mesmo, a gente tem que encarar, acabar com esse tabu. Não é brincadeira, não é frescura, não é falta do que fazer, é químico”, ressaltou.
Ainda no relato, Fernandes lembrou que seu tratamento foi o mais agressivo na cura: ela teve que tomar remédios: “A partir do momento que você está doente, tem que procurar um especialista. A família ajuda, o esporte ajuda, mas, às vezes, a gente tem que recorrer ao remédio, que foi o meu caso. Tratei três anos, fiz terapia e depois disso comecei a me reconhecer. Hoje, sinto que estou mais leve, embora eu seja muito perfeccionista. Vivendo a vida de uma maneira mais madura, me aceitando do jeito que sou e acho que tudo começou lá trás quando tive depressão e venci”.

Veja também:



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here