Thaís Pacholek (Novità Comunicação Estratégica)
Thaís Pacholek (Novità Comunicação Estratégica)

Apesar de estar curtindo as férias ao lado do marido o cantor sertanejo Belutti e do filho Luiz Miguel, Thais Pacholek continua ligada nas telinhas. Apaixonada por novelas, a atriz está sempre acompanhando os dramas e armações da teledramaturgia para se divertir e também se inspirar.

Diretamente do México, lar das maiores vilãs de novela, Thaís montou uma lista com as 5 malvadas que mais marcaram sua vida.

Aproveitando o ar mexicano, por onde passou, a loira abre a lista com uma das maiores vilãs de todos os tempos: Paola Bracho (Gabriela Spanic) de A Usurpadora.

Divulgação/Televisa

A Paola é icônica, não sai de moda, não cansa e, apesar de muito malvada, ganhou a simpatia e admiração de muitos que se inspiram em sua elevada autoestima“, conta.

Em segundo lugar, a musa escolheu Flora (Patrícia Pilar) de A Favorita.

TV Globo / Renato Rocha Miranda

“A Flora me encantou porque ela não deixou transparecer que era uma vilã logo de cara. Passei boa parte da novela dividida entre ela e a Donatela (Claudia Raia) e quando se revelou veio uma maldade atrás da outra“, explica.

Carminha, personagem de Adriana Esteves, em Avenida Brasil também foi lembrada por Thaís.

Divulgação/TV Globo

Como uma boa vilã, Carminha foi totalmente dissimulada, conseguindo enganar todos a sua volta e, apesar dos atos terríveis que cometeu, se redimiu no final da novela. Gosto dessas reviravoltas, mostra como todos nós somos humanos e podemos buscar melhorar.”

A quarta da lista é a personagem Chayene (Claudia Abreu) em Cheias de Charme.

Divulgação/TV Globo

Chayene é uma vilã incrível pra mim porque não é nada tradicional. Ela é divertida, atrapalhada, não tem como não amar!“.

Para finalizar, Thaís Pacholek elegeu Nazaré (Renata Sorrah) de Senhora do Destino como a vilã das vilãs.

TV Globo / João Miguel Júnior

Não tem como fazer uma lista de vilãs e deixar a Nazaré de fora. Essa vilã marcou toda uma geração, os assassinatos, as loucuras e artimanhas. Mas para mim sua maior maldade ainda foi raptar a Lindalva/Isabel, como mãe posso imaginar o desespero de Maria do Carmo“, completou.

Thaís Pacholek já viveu três vilãs em sua carreira nas novelas Revelação, Amor e Revolução e Chiquititas, todas do SBT.

Veja também:

Esposa do sertanejo Belutti, Thais Pacholek exibe barriguinha sarada de biquíni



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here