A atriz Vitória Strada ao lado de sua namorada Marcella Rica, com quem assumiu o relacionamento – Reprodução: Instagram

O final do ano passado foi de grandes surpresas para os internautas, principalmente para os fãs de Vitória Strada. Ela, que é uma das maiores revelações da dramaturgia da Globo, surpreendeu ao ter anunciado romance com a também atriz Marcella Rica. Perdidamente apaixonadas uma pela outra, durante a coletiva de imprensa da nova novela das sete, ‘Salve-se Quem Puder’, nos Estúdios Globo, no Rio, a protagonista do folhetim entregou detalhes.

+ Vitória Strada surge com nova namorada e se declara

Segundo ela, não houve problemas sequer no fato de assumirem o romance de forma pública. “Não foi questão de assumir. Chega um momento que não tinha outra opção. Foi muito natural. É uma coisa que eu não vejo problema em falar. Sou bem nova, de uma geração que já encara isso com mais naturalidade”, declarou a estrela, em entrevista ao portal UOL, que confessa nunca ter sido vítima de preconceito, seja lá qual for, e torce numa conscientização maior da sociedade sobre a propagação de ódio contra a comunidade LGBTQI+.

+ Vitória Strada e Marcella Rica são flagradas juntas durante embarque em aeroporto

“Sei que gerações mais velhas sofreram mais. Isso me faz ter esperança de que as coisas estão evoluindo. Acho que o mundo está aprendendo a respeitar mais o amor do outro”, avalia. Questionada pelo fato de ter tido medo de ser prejudicada profissionalmente após assumir o romance, Strada nega: “Acho isso tão fora de uma realidade que enxergo para o mundo. Não dá para as pessoas perderem o emprego por causa da sua cor, orientação sexual, religião ou qualquer outra coisa que não seja competência para ocupar aquele cargo. A gente só tem que respeitar o próximo. Acho que se você faz um trabalho bom, não tem o que temer”, avalia.

+ Ao vivo no ‘Domingão, Vitória Strada fala sobre relacionamento com Marcella Rica

“Ouvi muito que as pessoas admiraram nossa coragem. Que pena que isso precisa ser visto como coragem. O amor não era pra ser visto como um ato de coragem. Amor é amor, não importa se ele é de mãe, filho, namorado etc”, conclui.



10 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here