Bárbara Paz – Reprodução: Instagram

A atriz Bárbara Paz está vivendo uma nova fase de sua carreira. Ela se atacou como diretora e produtora e está cuidando do filme “Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”, que conta a história de seu ex-marido, morto em 2016Hector Babenco.

Em entrevista ao site da revista “29 Horas”, a atriz falou sobre trabalhar com as lembranças do amado: “Difícil, mas a palavra luto para mim também é luta. Eu já perdi quase todo mundo na minha vida. Perdi meu pai aos seis anos, minha mãe, quando tinha 17. Muito cedo aprendi a lidar com isso. Com o tempo a gente vai evoluindo. O tempo traz essa maturidade, a conscientização do que é a morte. E foi muito bom fazer o filme e o livro, dois projetos de amor. O que você faz depois que amou uma pessoa, com quem dividiu a vida, e fica sem essa outra parte?”, disse ela.

Ainda na entrevista, ela conta da ajuda que o maridão deu ainda em vida: “O Hector já estava na morfina e ainda corrigiu 40% dos poemas que a gente escolheu para publicar: escritos que eu descobri numa caixa que ele guardava desde a adolescência. A criação o mantinha vivo. (Já) Fazer o filme não foi apenas uma promessa, mas uma homenagem a esse homem que eu admiro e que acreditou em mim. Ele me incentivava a filmar e sempre me dizia: ‘Você pode, você não precisa de ninguém, acredita. Confia em seu olhar!’ Assim, eu quis transformar o meu amor por ele em uma poesia na forma de filme”.

Declaração

Bárbara Paz perdeu o marido Hector Babenco, de 70 anos, que sofreu uma parada cardíaca em 2016. Dois dias antes do falecimento, a atriz compartilhou uma foto em seu perfil do Instagram segurando a mão do cineastra e aproveitou para se declarar ao amado. Veja!

Veja também:

Fernanda Montenegro prestigia Bárbara Paz no teatro
Barbara Paz e elenco comemoram término de gravações da novela
Barbará Paz homenageia marido falecido, Hector Babenco



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here