Portal MSN

Willian, do Corinthians, desabafa após casos de violência no futebol

Jogador do Timão abriu o coração nas redes sociais

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Willian do Corinthians
Willian do Corinthians (Foto: Reprodução/Istagram)

O jogador Willian, atualmente integrante do elenco do Sport Club Corinthians Paulista, abriu o coração na web, e desabafou sobre os casos de violência no futebol brasileiro. Desta forma, na tarde desta última terça-feira, 01 de março, o atacante repudiou os ataques a jogadores e comissões técnicas.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, indignado com a atual situação do esporte no Brasil e o aumento de casos de violência por parte dos torcedores, Willian usou suas redes sociais e cobrou das autoridades leis mais severas para os agressores.

+Tiago Leifert fecha com o ‘Paulistão’ e integrará transmissão de Corinthians e Botafogo-SP

“Não acontece nada com eles. Continuam fazendo, fazendo e fazendo. As autoridades toleram isso. Eu aprendi uma coisa. O que a gente tolera, não podemos reclamar. Estou aqui para dizer que temos, sim, de ficar indignados com essa situação. Temos que nos unir para combater a violência no futebol”, falou o jogador.

- Continua após o anúncio -

Mais sobre a matéria de Willian

Sendo assim, o atacante do Corinthians prosseguiu com o desabafo: “Espero que as autoridades possam, de alguma forma, de uma vez por todas, fazer o que eles têm de fazer. Nós entramos em campo para fazer o que podemos, mas não podemos controlar essas situações. Esperamos que as autoridades punam quem tem que ser punido, e que essa situação possa mudar no futebol brasileiro”, completou Willian.

+Pedrinho, ex-Corinthians, se emociona ao chegar ao Brasil após fugir de guerra na Ucrânia

- Continua após o anúncio -

Além disso, vale lembrar que, no final do mês de fevereiro, o ônibus da delegação do Grêmio acabou sendo atingida por pedras antes do Gre-Nal. No entanto, no momento do ataque dos torcedores, o meia-atacante Villasanti acabou sofrendo um traumatismo craniano após ser atingido por uma pedra.

Em suma, ao finalizar o desabafo, Willian cobrou das autoridades leis mais severas: “A gente sabe que no futebol, muitas vezes, as coisas não acontecem como queremos e só um time pode ganhar. Mas, quando a outra equipe acaba perdendo, isso gera revolta por parte de alguns torcedores, que não são todos, e não são punidos”, disse o jogador.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.