Dado Dolabella contou ao confinado Carlinhos o sonho incrível que teve com Danielle Souza. "Eu e Dani estávamos num hospital, onde se faziam as cirurgias mais delicadas do mundo. Estávamos muito avançados no curso, quase dois PhD. A primeira coisa que fizeram quando chegamos, por incrível que pareça, foi um benzimento, tinha até um pastor orando", disse o ator.

"Entramos num quarto, com médicos e esqueletos. Eles eram sensacionais, sem pele, sem nada, só com os órgãos funcionando, o rosto e a cabeça. Tinha um buraco que dava para ver o cérebro. Era para mostrar os malefícios da alimentação errada ao longo da vida. Mostraram até o pulmão de um fumante, que estava vivo. Fiquei impressionado", continuou.

O humorista desconversou, pois não estava entendendo nada da conversa do peão. "Isso é neurose", devolveu Carlinhos. "A Danielle tinha muito disso também".

Ao encerrar a conversa, Carlinhos logo saiu da casa com Max. Foi buscar sua mala na dispensa, e se sentiu triste por ter que arrumar suas coisas. Perguntou ao "Zé" que horas seriam e o que estaria aprontando para os peões, naquele momento.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here