O autor de "Paraíso", que estreia dia 16, na Globo, não poupou colegas de teledramaturgia, informa a coluna Zapping do jornal Agora. Além de dizer que não se fazem mais novelas como antigamente, criticou a vulgaridade, como cenas de sexo e nudez. "Paraíso" substituirá "Negócio da China", de Falabella, que vai mal no Ibope. "Não dá para uma novela das seis dar 16 pontos", alfinetou Benedito.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here