A cantora premiada com o Grammy Toni Braxton, cuja sequência de sucessos nos anos 1990 incluiu "Another Sad Love Song" e "Breathe Again", deu entrada em um pedido de falência, pela segunda vez em sua carreira.

De acordo com a Folha Online, nos documentos encaminhados ao tribunal, a cantora apresenta na lista de bens de entre US$ 1 milhão e US$ 10 milhões e dívidas que vão de US$ 10 milhões a US$ 50 milhões. Na semana passada ela deu entrada no pedido de falência, o que significa que ela não possui meios para saldar suas dívidas existentes.

Braxton, 42 anos, começou a cantar com suas irmãs na década de 1980 e iniciou a carreira solo pouco depois, subindo nas paradas de discos com seu álbum "Toni Braxton", em 1993, que vendeu mais de 8 milhões de cópias.

Em 1994 ela recebeu prêmios Grammy de melhor artista revelação e melhor vocal de R&B feminino, e no ano seguinte ganhou mais um Grammy. Seu segundo álbum, "Secrets", de 1996, fez tanto sucesso quanto o primeiro, e ela somou mais dois Grammy a sua lista de troféus.

Em 1998, contudo, ela rompeu com sua empresa musical e deu entrada em seu primeiro pedido de falência, no que foi o primeiro de uma série de reveses profissionais e pessoais. Mas ela continuou a cantar, tendo também começado a atuar no teatro e no cinema.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here