Na casa de Candinha da Serra, Valdo compra briga com o Coronel Botelho por causa de seus ideais políticos e é ameaçado pelo poderoso fazendeiro. João Mendonça pede a ... Leia mais:

Na casa de Candinha da Serra, Valdo compra briga com o Coronel Botelho por causa de seus ideais políticos e é ameaçado pelo poderoso fazendeiro. João Mendonça pede a Beija que o acompanhe na viagem que fará pelo interior do estado, mas ela se recusa e diz que será bom passar dois meses sozinha. João fica visivelmente chateado com a decisão dela. Beija aproveita a ausência de João para se reencontrar com Antônio. Os dois se reconciliam e João sofre uma grande desilusão. O tempo passa… O arraial cresce e Beija usa sua influência na corte para pedir que o povoado seja elevado à categoria de Vila. A violência toma conta da região com saques e mortes amedrontando os oradores. É criada uma força nacional, comandada pelos fazendeiros mais poderosos da região, para defender os ideais do Império e manter a ordem em Araxá. Alguns anos mais tarde… Antônio continua vivendo uma vida dupla com Beija e Aninha. Cecília, inconformada com a relação dos dois, há cinco anos não dirige a palavra ao filho. Aninha está resignada e sua vida se resume em cuidar dos muitos filhos que teve com Antônio. Beija, por sua vez, quer casar as duas filhas o mais rápido possível para evitar que tenham o mesmo destino que ela. Joaquim Botelho enviuva e Beija, comprometida que está com o Coronel Botelho, decide dar a mão de Teresa Tomásia para seu filho. A menina se recusa a casar com quem não ama e pede a ajuda do pai para evitar que isso aconteça, mas Antônio mantém a promessa que fez a Beija e não interfere em sua decisão. Inconformada a menina foge de casa.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here