Êpa, êpa, êpa! Justamente, tem um traidor na Portelinha! Durante a sessão de cinema que Juvenal promove na favela para mostrar o filme da invasão, uma cena o deixa intrigado. Uma mão misteriosa sai de dentro de uma casa e dispara contra ele. Oi seja, não foi Lobato que o atingiu.

Com as antenas em fúria, Juvenal manda parar tudo e voltar a fita. Realmente, ele está certo. Lá está a mão misteriosa na tela! Revoltado, ele olha para todo o povo ali presente: Geraldo, Divaldo, Jojô e as meninas, Misael, Evilásio, Júlia, Guigui, Bernardinho, Bernardo, Amara, João Batista, Benoliel, Zé da Feira, Amélia, Ezequiel, Edivânia, Solange, Gislaine, Andréia, Josiane, Nanã, Duda, Mosquito, os anões.

“Será que meu povo virou um bando de traíra?”, diz, olhando nos olhos de cada um. Mas ninguém diz uma palavra. Juvenal, então, ameaça punir quem souber de alguma informação e não revelar.

Mais sensata, Guigui puxa o líder num canto e diz que é melhor ele investigar primeiro, antes de acusar inocentes. Juvenal respira fundo e alivia a barra um pouco. Mas vai passar um pente fino na favela, procurando alguma pista que indique o culpado.

A cena deve ser exibida a partir de quarta-feira, 23/01.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here