Foi dada a largada para as gravações da próxima novela das 20h da TV Globo: Duas Caras. Dalton Vigh, Marjorie Estiano, Vanessa Giácomo, Caco Ciocler, Totia Meireles, Bia Seidl e Fúlvio Stefanini viajaram para São Bento do Sul, em Santa Catarina, para dar vida à primeira fase da trama. Cemitério, igreja, uma praça com uma arquitetura típica do sul do Brasil e uma estação de trem em Rio Negrinho, cidade vizinha, foram as locações escolhidas. Num clima leve e descontraído, os atores construíram seus personagens sob os olhares atentos do diretor de núcleo e geral Wolf Maya e do diretor Cláudio Boeckel. Os moradores assistiram curiosos à movimentação da equipe. Para que tudo corresse bem durante a viagem, 95 profissionais da TV Globo trabalharam com afinco e cerca de 900 figurantes participaram das gravações, satisfeitos por contar um pouco de sua história. Um verdadeiro evento mobilizou também São Bento do Sul. Era a Schlachtfest, ou a festa do abate, que acontece sempre em setembro e foi reproduzida em julho especialmente para a novela. A tradição de comemorar a colheita degustando carnes de diferentes animais é hoje mantida pelas famílias dos imigrantes, que vieram, em sua maioria, da Alemanha e da Polônia. E o festejo conta ainda com bastante dança, música, decoração e cerca de 20 grupos folclóricos, que desfilam lembrando seus antepassados.

Depois de uma semana em Santa Catarina, a equipe partiu para Canela, no Rio Grande do Sul, onde a fachada de uma casa imponente se transformou na moradia da protagonista Maria Paula (Marjorie Estiano). Na trama, a menina, então com 18 anos, vive, na cidade fictícia de Passaredo, localizada no sul do Brasil, com os pais Waldemar (Fúlvio Stefanini) e Gabriela (Bia Seidl) e duas grandes amigas: a empregada da casa Jandira (Totia Meireles) e a filha dela e sua irmã de criação, Luciana (Vanessa Giácomo). A dedicação e o amor de todos a sua volta parecem protegê-la até que o destino muda o seu rumo. É num dia como outro qualquer que alguns policiais e um tal de Adalberto Rangel (Dalton Vigh) aparecem em sua casa para lhe dar a trágica notícia: seus pais tiveram um acidente e morreram na estrada, antes mesmo de iniciar uma viagem cuidadosamente planejada.

A dor é arrebatadora. A tristeza só encontra um consolo no depoimento do forasteiro Adalberto que diz ter ouvido as últimas palavras da mãe de Maria Paula. “Cuida de minha filha! Ela vai ficar muito só”, repete ele, como se sua presença ali fosse o último desejo de Gabriela. Ingênua e perdida, a menina aceita o carinho deste homem, ainda que todos desconfiem do rapaz. Claudius (Caco Ciocler), advogado da família e apaixonado por ela, alerta Maria Paula inúmeras vezes e até conversa com Adalberto para que saia de Passaredo, mas o coração de Maria Paula não parece ouvi-lo. Em pouco tempo, ela se entrega ao forasteiro. Casamento, sonhos, comunhão de bens, procurações. Depois de acreditar que construía uma nova família, Maria Paula tem mais uma surpresa. O forasteiro lhe rouba tudo: sua fortuna, seu orgulho. Será que um dia este homem misterioso será encontrado? Qual o verdadeiro nome do rapaz por quem se apaixonou? Enquanto estas perguntas não têm respostas, a menina se vê obrigada a tomar as rédeas de sua vida. E é em São Paulo que começa uma nova etapa. Após uma dolorosa despedida de Claudius, Maria Paula tenta a sorte na cidade grande ao lado de Jandira e Luciana. Adalberto, agora milionário, parte para o Rio de Janeiro.

Entre as cores de diferentes cidades do Brasil, se desenha a nova novela das 20h da TV Globo. Duas Caras estréia em outubro e tem texto de Aguinaldo Silva com colaboração de Glória Barreto, Filipe Miguez, Izabel de Oliveira, Maria Elisa Berredo, Nelson Nadotti e Sérgio Goldenberg. A direção de núcleo e geral é de Wolf Maya e a direção de Cláudio Boeckel, Ary Coslov e Luciano Sabino.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here