Na casa de Jamal, todos almoçam felizes o “Koresh fesejan”, um prato iraniano tradicionalíssimo. Bruno elogia o prato achando que é um cozido e, ao mesmo tempo, recebe mais um ensinamento do sheik: “Não, não, Bruno. Isso não é um cozido! É um Koresh Fesenjan, faça-me o favor!”. Samira explica melhor do que se trata: “É um prato iraniano tradicional, feito de frango com molho de romã e amêndoa!”

“Aquele que se converte, deve estar sempre em busca de mais sabedoria e conhecimento sobre o Islã. Sempre. Até sentir que se tornou uma nova pessoa!”, emenda o Sheik. Todos cumprimentam o ansião e Bruno também agradece: “Chúcran! Obrigado, Sheik Abdulah, por mais esse ensinamento. Eu prometo que vou me empenhar em conhecer o Islã cada vez mais. E como prova disso, eu gostaria de fazer um pedido a seu Jamal…”.

O pai de Samira fica curioso com o que o rapaz fala: “A mim? O que você quer?”. Bruno decide não perder mais tempo e dispara, bem em frente à toda a família de Samira: “Eu quero pedir a mão de Samira!”. Todos ficam chocados na mesmo hora com a frase. Bruno completa: “Agora que eu sou muçulmano, o senhor abençoa o nosso casamento?”.

O fato é que Bruno tem razão. Mas terá Jamal o sangue frio para entregar-lhe a única filha? 

A cena deve ir ao ar na quinta, 15/4.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here