Teresa (Anna Sophia Folch) não quer descer para o casamento e Baltazar (Marcos Breda) tenta fazê-la mudar de idéia. Domingos (Flávio Galvão) acha que o assassino de Quincas (Alexandre Henderson) ... Leia mais:

Teresa (Anna Sophia Folch) não quer descer para o casamento e Baltazar (Marcos Breda) tenta fazê-la mudar de idéia. Domingos (Flávio Galvão) acha que o assassino de Quincas (Alexandre Henderson) está entre Alberto (Felipe Camargo), Mateus (Pedro Lamares) e Samuel (Michel Bercovitch) e quer que um deles confesse. O juiz manda os três para a cela, mas Alberto reage, desarmando os soldados e apontando a arma contra Domingos que, desprevenido, nada pode fazer. Ana (Bruna Brignol) questiona Elisa (São José Correia) por ter se deitado com um desconhecido, mas a portuguesa argumenta que foi forçada por Mateus. Domingos manda os três para a cela, mas Alberto reage, desarmando os soldados e apontando a arma contra o juiz que, desprevenido, nada pode fazer. Alberto coloca Domingos, Jacinto (Júlio Levy) e os guardas para dentro da cela e liberta Simão (Miguel Thiré). Simão ignora o apelo do pai para tirá-lo da cela e sai para tentar evitar que o casamento de Teresa aconteça. Padre Dinis (Virgílio Castelo) intervém no casamento e diz que este não pode se realizar por se tratarem os noivos de dois primos, mas Baltazar apresenta uma autorização especial da Cúria Romana. Para entrar na casa de Tadeu (Antônio Grassi), Simão, Alberto, Mateus e Samuel amarram os capangas e o colocam no tronco. Simão interrompe a cerimônia para fazer um anúncio diante de todos: o casamento de Baltazar com Teresa é um crime.






Deixe uma resposta