Foi ao ar, na noite desta sexta-feira, dia 28, o último capítulo de Paraíso Tropical e um dos desfechos mais aguardados era: “Quem matou Taís?”. Como não era de se surpreender, o vilão mor da trama, Olavo (Wagner Moura) foi
quem matou a gêmea má interpretada por Alessandra Negrini. Porém, o motivo do assassinato pegou o telespectador de surpresa. Taís foi morta por descobrir um grande segredo que Olavo guardava a sete chaves: Ivan (Bruno Gagliasso), seu irmão postiço na verdade era filho de Antenor Cavalcante (Tony Ramos).

A história começa a se desenrolar quando Jáder (Chico Diaz), prestes a morrer, faz a revelação a Antenor, que se dirige à casa de Marion (Vera Holtz), para onde Daniel (Fábio Assunção) também seguiu em perseguição a Olavo (Wagner Moura). Pressionado por Daniel, o vilão começa a contar como tudo ocorreu no dia do assassinato: Ao saber que Ivan vendeu o táxi, Olavo foi até o apartamento onde o irmão e Taís moravam e, ao não encontrar ninguém, fica nervoso e além de desabafar a Jáder o segredo sobre o verdadeiro pai do rapaz, revela seu plano de matar Marion, Antenor e Ivan para ficar com a herança do irmão, que sem saber de nada fez um testamento em troca do Táxi dado por Olavo. Taís neste momento, após chantagear Antenor, seguiu para o apartamento, e ao notar a presença dos dois, se esconde e ouve toda a conversa. É quando decide chantagear Olavo que promete lhe dar 5 milhões em troca de seu silêncio. Taís avisa que irá até o apartamento de sua irmã pegar o passaporte. Olavo segue Tais até o apartamento e propõe vantagens para a gêmea má se aliar a ele em seu plano. Taís aceita e brinda o acordo, mas não percebe que Olavo colocou tranquilizante em seu copo. É quando ele a executa definitivamente.

Ao saber da verdade Ivan fica descontrolado e atira em Olavo que também dispara um tiro. Os dois acabam mortos.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here