Felício liga para Téo e diz que Renato armou uma patrulha civil para sobrevoar uma casa na serra. Felício explica que Renato recebeu denúncia anônima de uma mulher de que Tony estava na casa. Ele conta que se trata de uma operação clandestina.Um dos homens bate na porta da casa da serra. Tony leva Eduardo para o quarto. Lígia e Fernanda seguem com cuidado atrás. Téo liga para Renato e pergunta quem está por trás da operação. Renato fala que se tiver certeza de que Tony está na casa, vai prendê-lo. Téo diz que vai denunciá-lo. Renato liga para o comandante que está prestes a invadir a casa e manda suspender a invasão e continuar a patrulha aérea. Bruno diz a Pedro que não pode proteger Nina, mas pode pagar o melhor advogado de São Paulo para ela. Bruno pede para Maura ajudá-lo a ter Pedro de volta como amigo. Nina diz a Pedro que eles precisam ir para um lugar seguro. Dopada, Dulce vê pela primeira vez o bisneto e fala para Pedro e Nina esconderem Pedrinho na casa de praia que eles ficaram. Khalid avisa Rafael, por telefone, que eles estão esperando por ele. Téo manda Tony tomar cuidado, pois Bruno tem gente infiltrada na polícia federal de São Paulo. Tony pede para Téo localizar Domi e pedir para ele entrar em contato com ele. Lígia pede para Fernanda ajudá-la a convencer Tony a ficar, pois não está em condições de viajar. Tony diz a Laila e Khalid que eles precisam sair da casa da serra antes dele. Fernanda diz a Lígia e Eduardo que vai embora com Rafael assim que ele chegar, mas deixa claro que um dia Tony vai escolher o que quer. Laila e Khalid seguem pelo mato, paralelamente à estrada. Pedro e Nina pedem para Maura falar com Rafael. Bruno entra no quarto de Pedro e Pedrinho rompe em choro. Dulce fala alto que Bruno não pode pegar o bebê. Bruno toma o bebê dos braços de Nina e Maura fica atenta às atitudes do ex-marido. Pedro liga para Rafael e fala da casa de praia, mas o arquiteto diz que só vai poder resolver isso no dia seguinte. Bruno puxa um fio do cabelo de Pedrinho, que rompe em choro. Maura pega o neto no colo. Lurdes está tristonha por estar longe de Pedrinho. Orlando diz a Lurdes que seria bom se eles fizessem o próprio filho deles. Lurdes conta a Orlando que a irmã dela comentou que já faz quase um ano que Artur saiu da penitenciária e não arruma emprego. Ela conta que Artur assaltou um posto de gasolina com uma quadrilha. Téo liga para Tony e avisa que o delegado do Rio está subindo a serra com mandado de prisão contra ele. Tony, calmo, pede para Lígia colocar a mesa para eles lancharem. Tony pede para Fernanda dar pão para Eduardo e colocar a peruca. Ele afirma que está seguro do que está fazendo. Tony diz a Fernanda que nunca esteve ali. Ele sai caminhando com Eduardo. Os dois somem na escuridão. A polícia chega. Rafael percebe e fala para Lígia e Fernanda que eles precisam servir o lanche. Delegado bate à porta e, embora Rafael diga que há um engano, o delegado entra com três agentes para vistoriar a casa. O delegado entra na suíte em que Fernanda está deitada, coberta e com peruca, e se desculpa pelo incômodo. Tony caminha pelas laterais da estrada com Eduardo nas costas. Ele fala para o filho que eles vão para Itália.





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here