Dulce fala consigo mesma, um tanto confusa. Ela treme e chora. Neide liga para Maura e pede para ela ir até a agência. Maura se abala com o telefonema de Neide. Assim que chega à agência, Maura vê policiais examinando o corpo da irmã. Ela explode em choro. Dulce acusa Bruno de ter matado Vânia. Nida liga para Rafael e pede para ele trazer um médico para Dulce. Bruno fica perplexo ao saber que Vânia foi mais uma vítima do Guri. Rafael entra na casa de Maura com um psiquiatra, que seda Dulce. Nando se desespera ao saber que sua mãe morreu. Bruno obriga Fernanda a ir ao velório da Vânia com ele. Nícia conta a Tony que Vânia foi mais uma vítima do assassino misterioso. Gigi diz a Caló que viu que foi ele quem matou o Jorge. Nícia entra no escritório e Gigi fala para ela que seu pai matou o marido dela. Nícia fica atônita. Dulce pede para Luísa dar um beijo em Vânia por ela. Maura pergunta a Neide o que ela está escondendo. Neide afirma que havia marcado um encontro com Vânia no hotel para falar de negócios. Maura não acredita e ressalta que vai procurar a verdade. Bruno e Fernanda chegam ao velório de Vânia. Pedro acusa Bruno de ser culpado pelos crimes, afinal bandido atrai bandido. Fernanda pede cobertura a Rafael para fugir. Ele não entende muito bem, mas a ajuda. Bruno procura Fernanda, que já está longe. Renato aborda Bruno, que afirma ao delegado que tem muita coisa para contar. Bruno, inclusive, fala que sabe quem é o Guri. Gigi está furiosa, porque Caló a impede de ir ao velório de Vânia. Ela conta a Tony que disse a Caló que estava na janela quando ele matou Jorge. Tony pede para ela não contar isso a ninguém. Caló entra no chalé, onde Gigi e Tony conversam e revela que matou Jorge porque ele o roubou. Ele manda Gigi não ameaçá-lo nunca mais. Bruno mostra o vídeo do assassinato de Jorge a Renato e. Ele pede para os policiais prenderem Tony e diz que dessa forma os assassinatos em série vão parar.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here