Funcionários estariam prestes a receber um comunicado do RH sobre desconto em folha de pagamento, informa a coluna Zapping do jornal Agora. Cada um terá de dizer quanto doará para os desabrigados de Santa Catarina. Para cargos de direção foi imposto até valor: de 15% a 30% do salário. Houve saia justa também com apresentadores convocados para aparecer na TV na campanha em prol de SC. Ao chegarem à Record, tiveram de dizer quanto doarão. Roberto Justus falou em R$ 100 mil. Tom Cavalcante ofereceu a bilheteria de um de seus shows. A Record diz que não há imposição e que alguns aceitaram e outros não. Para a campanha de arrecadação, a Record contratou empresa de auditoria.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here