Antes do nome ou sobrenome, o estado civil é o que mais interessa na Record para os possíveis candidatos da próxima “Fazenda”, informa a coluna de Flávio Ricco.

Solteiros e solteiras, com chances de se conhecer melhor no confinamento, já saem em vantagem.

Desta vez, com bom tempo e o conhecimento adquirido, existe a confiança de montar um time mais forte e competitivo.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here