Por um lado, fascinante. Por outro, pavoroso. O Repórter Record desta segunda-feira (03/12) entra no mundo de um dos maiores caçadores do reino animal: O escorpião.

Surpreendente. Os escorpiões ultrapassaram as cobras. E hoje são os animais peçonhentos que mais envenenam pessoas no país.

Os ataques a seres humanos não páram de crescer. Em 2000, foram registrados 12 mil casos. Agora, já são 38 mil ataques por ano no País. No Estado de São Paulo, os casos aumentaram em 30%. Mas o Nordeste ainda é a região que mais registra vítimas do predador.

Um animal pré-histórico e um dos mais antigos do planeta. Chegou por aqui há 420 milhões de anos! Recentemente, arqueólogos acharam, na Alemanha, um fóssil milenar da garra de um escorpião marinho gigante e concluíram: O animal era bem diferente do que existe hoje. Tinha 2,5 metros.

Os repórteres do programa seguem em uma expedição na Amazônia em busca do escorpião mais perigoso do Brasil. O veneno dele é capaz de matar um homem adulto. No caminho até o encontro com o animal, outros perigos: a equipe se depara com cobras.

Especialistas tiram dúvidas. Por que os escorpiões invadiram as cidades? O que o aquecimento do planeta tem haver com isso? Quais espécies são mortais ao homem? Há algum risco em comer escorpiões? O que fazer caso seja mordido? Quais os sintomas?

Você comeria um espetinho de escorpião? Tem gente com esta coragem. E uma curiosidade: depois da fecundação, o macho vira refeição nas garras da fêmea.

O Repórter Record vai ao ar às 22h30, logo após Caminhos do Coração.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here