Reynaldo Gianecchini disse, em entrevista ao Jornal da Tarde, que sofreu muito com a crítica no início de sua carreira. Gianecchini fez vários papéis na telinha, mas segundo ele, quer dar um tempo da televisão. “Quero ficar um pouco longe da televisão. Ela massifica muito a imagem do ator, quero me reciclar. Fora que é muito cansativo também, é uma loucura ficar fazendo uma novela atrás da outra. Quero que as pessoas fiquem com saudades mesmo.”

Gianecchini afirma ter vontade de interpretar um vilão, pois nunca passou por essa experiência. “Não tenho grandes sonhos. Não me importo muito, mas nunca fiz um vilão, que dá uma gama muito maior de trabalho do que o mocinho, talvez falte isso”.

Ele também falou sobre o filme Entre Lençóis, que protagonizou com Paola Oliveira e afirma não estar preocupado com a crítica. O ator também narrou um fato interessante ocorrido durante as gravações: “Quem me levava para as gravações era um negão, um cara gigantesco. As pessoas olhavam e me viam entrando com ele no motel, pegava mal pra caramba. Um dia virei e falei para ele: ‘pô cara, não dá mais’ (risos).”



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here