O publicitário Roberto Justus é alvo de um processo acionado por Isabel Arias, ex-funcionária do Grupo Newcomm, informa a coluna da Mônica Bergamo da Folha.

Arias trabalhou para o grupo por 11 anos e alega que foi demitida por Justus porque passaria por uma cirurgia. A ex-funcionária pede uma indenização de R$ 2 milhões por questões trabalhistas e assédio moral.

Segundo ela, Justus a teria chamado de "velha, feia e gorda" e que ele só queria "gente jovem, bonita e feliz" na empresa.

O publicitário se defendeu dizendo que ele não estava presente no dia da demissão de Arias. "É uma mentira deslavada".



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here