Divulgação/TV Globo

Damiana/Toinha (Bia Nunnes) está presa pela morte de Felizardo (Diogo Vilela). Mas a criminosa não está batendo bem da bola. Para sua companheira de cela, a paraibana diz que era casada com Felizardo e que eram felizes até a chegada de Locanda (Stella Miranda).

“Uma mulher traiçoeira, suja e mentirosa. Disse que era irmã de meu marido, mas na verdade queria ele para cama”, inventa Toinha. “Ela seduziu meu marido e convenceu o cabra a ir-se embora para a Paraíba com ela. Foi por isso que eu matei. Matei o amor da minha vida. E é por isso que nunca mais eu vou ter paz. Até o dia de morrer, nunca mais eu vou ter paz”, sentencia Toinha, completamente alucinada.

Essa cena vai ao ar nesta sexta-feira, 13 de abril.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here