Depois das especulações sobre ser gay ou pedófilo, agora é a vez do boato de que Gerson, vivido por Marcello Antony, está envolvido com os crimes de "Passione".

O autor da trama, Silvio de Abreu, desmente o novo rumor à coluna Outro Canal da Folha de S.Paulo. "O segredo dele não tem nada a ver com os assassinatos", diz.

Do mistério, o público só sabe que envolve o computador de Gerson. Descoberto na última semana pela mulher dele, Diana (Carolina Dieckmann), o segredo é o grande mote da novela -maior até que o dos assassinatos, principal marca do autor.

Um dos crimes, conta Abreu, já aconteceu sem nem mesmo o público se dar conta: Eugênio (Mauro Mendonça), que aparentemente morreu de infarto no início da trama, na verdade foi envenenado. Haverá ainda novo assassinato em breve.

"Sei que o mistério de Gerson está aguçando demais a curiosidade de todos, tanto do público quanto da imprensa", disse o autor.
"Mas este é um dos segredos que me permiti guardar a sete chaves e que espero manter assim até o momento em que ele for ao ar. Coisa de autor de suspense, sabe?!"



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here