MSN

sábado, 13 de julho de 2024

Brasil sofre em jogo decisivo contra a Colômbia na Copa América

A Seleção Brasileira conseguiu apenas empatar e avançou como segundo colocado do seu grupo, o C

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Bruno Guimarães pelo Brasil
Bruno Guimarães pelo Brasil – Foto: TV Globo

A Seleção Brasileira sofreu diante da Colômbia no último jogo da fase de grupos da Copa América, nos EUA, na noite desta última terça-feira, 02 de julho. O Brasil avançou para a próxima fase, mas com um resultado ameno de 1 a 1 contra os colombianos.

- Continua após o anúncio -

Depois da partida frustrante, o técnico Dorival Júnior admitiu problemas no time do Brasil: “De um modo geral não vinha sendo (um problema), hoje realmente tivemos dificuldades na saída de bola, condicionada ao adversário, que fez retomadas perigosas à frente da nossa área. Não vinha sendo um fato que nos preocupava, até pelas opções. Essas oscilações vão acontecer, é uma equipe em formação, não podemos esquecer. Tivemos dificuldades nesta partida que não vínhamos tendo, o nível da Colômbia é diferente, vem de 25 partidas invictas, e teve peso grande“, apontou ele, durante a coletiva.

+ Brasil esmaga o Paraguai com show de Vini Jr. na Copa América

Adiante, ele chegou a falar do pênalti que não foi marcado a favor do Brasil e enfatizou o cartão que Vini levou nos primeiros minutos: “Porém tínhamos 1 a 0 ao nosso favor, quando uma jogada que poderia nos dar o segundo gol nos tira a possibilidade de administrar de outra forma o resultado. Temos de pesar várias coisas, temos de melhorar, estamos trabalhando, em muitos aspectos as coisas evoluíram. De repente, num momento ou outro teremos uma dificuldades maior em razão deste processo natural, que ninguém escapa“, declarou.

- Continua após o anúncio -

Desabafo de Dorival sobre o Brasil

Em seguida, ele desabafou: “Naquele momento (do pênalti não marcado) seria 2 a 0, com a equipe que temos, independente das coisas não estarem saindo como gostaríamos, seria diferente. Logo em seguida levamos o gol de empate. Para mim, foi decisivo. No estádio, só ele (árbitro) e a equipe do VAR não viram a penalidade. Brasil foi prejudicado, temos de ser realistas, o fato aconteceu, não foi criação. Com um resultado ampliado, as movimentações da partida seriam outras, a Colômbia teria de se expor mais“, completou.

+ Brasil passa vergonha na estreia da Copa América e empata com a Costa Rica

- Continua após o anúncio -

Agora, o Brasil enfrentará no sábado, 06 de julho, a Seleção do Uruguai e o jogo não será nada fácil, às 22h, e quem perder voltará para casa.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.