MSN

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Cinco motivos para não perder a série ‘As Aventuras de José e Durval’

O último episódio da história de Chitãozinho e Xororó chegou no Globoplay nesta sexta-feira (22)

-

-

Núcia Ferreira
Núcia Ferreira
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.
Rodrigo e Felipe Simas em As Aventuras de José e Durval – Globo/Aline Arruda

O último episódio de ‘As Aventuras de José e Durval’ chegou ao Globoplay nesta sexta-feira (22), completando a história de parte da vida de ‘Chitãozinho e Xororó’. Pra completar a história, depois de quase acabarem com a dupla, os irmãos são aconselhados na nova gravadora a continuar nas raízes sertanejas e têm seu novo projeto musical questionado. Porém, eles vão apostar que conseguirão lotar o Palace.

- Continua após o anúncio -

Apesar de ser o mais fiel à história dos personagens, nem tudo é totalmente verídico na série. Algumas mudanças foram necessárias para preservar a narrativa. Rafael Lessa, que assina o roteiro, comentou que aquilo que o público verá na tela realmente aconteceu, mas a ordem dos fatos pode ter sido alterada.

+ ‘As Aventuras de José e Durval’, a série sobre Chitãozinho e Xororó: Curiosidades, revelações e tristezas no caminho da dupla sertaneja de sucesso; saiba

Assim, o enredo mescla fatos reais a fictícios para contar como os dois irmãos nascidos no Paraná se tornaram uma das principais referências na música sertaneja. A gente listou alguns motivos para o público assistir a série de uma das duplas sertanejas mais queridas do Brasil, disponível na plataforma de streaming.

- Continua após o anúncio -

1 – Soltando a voz de verdade

A narrativa começa em 1968, com os protagonistas ainda na infância. Pedro Tirolli e Pedro Lucas bem que podiam mesmo seguir carreira juntos. Os meninos deram um show de interpretação e cativou a gente de verdade. E não é que eles cantaram de verdade na produção.

- Continua após o anúncio -
Durval (Pedro Lucas) e José (Pedro Tirolli) – Globo/Helena Barreiro

Os interpretes da dupla, por caso, têm o mesmo nome, mas com uma trajetória completamente diferente. Tirolli  foi descoberto quando passou a se apresentar na internet durante a pandemia. O garoto, que sonhava ser jogador de futebol, acabou chamando a atenção da 02 Filmes, responsável pela produção, pelo talento na música. Já Pedro Lucas dedicou-se ao violão e à composição, e o talento chegou à O2, responsável pela produção de elenco. A equipe “garimpou” Pedro Lucas do The Voice Kids 2020, do qual ele participou representando a música sertaneja.

José (Pedro Tirolli) e Durval (Pedro Lucas) – Globo

2 – Mais show de talento no ar

A história avança pelas décadas de 1970, 1980 e 1990, mostrando o convívio com a família, o início da paixão pela música, as descobertas feitas nas turnês e as dificuldades que tiveram que enfrentar para chegarem onde estão. Vale a pena conferir a atuação dos também irmãos Rodrigo e Felipe Simas na série. Os atores que deram vida a Chitãozinho e Xororó já na fase adulta mandaram bem em cena, mostrando sintonia. Apesar de não cantar em cena, a dupla mandou muito bem na interpretação dos sertanejos.

+ Felipe Simas entra em cena em duas produções e se emociona ao contracenar com o irmão

Araci (Andréia Horta), Durval(Felipe Simas), José (Rodrigo Simas) e Mário (Marco Ricca) – Globo/Aline Arruda

3 –  Drama familiar

A série leva para a tela um pouco do drama da infância dos artistas. A interpretação de Andreia Horta como Araci, mãe dos sertanejos emociona o público. Bipolar, a matriarca da família demorou a receber um diagnóstico e receber ajuda. Os três filhos mais velhos – José (Chitãozinho), Durval (Xororó) e Rosária –  também sofreram bastante com o problema de saúde mental da mãe, que se agravou com a perda da irmã Lurdinha, que morreu ainda bebê, o que afetou de modo visceral o comportamento de Araci.

Araci (Andréia Horta) – Globo

4 – Família e amigos em cena 

A série traz ainda  outros nomes também aparecem  em cena, como o de Noely Lima (Màrjorie Gêrardi), a esposa de Xororó e mãe da cantora Sandy, Geraldo Meirelles (Augusto Madeira), um dos principais incentivadores da dupla, e Homero Béttio (Thiago Brianti) amigo e empresário dos irmãos.

Geraldo Meirelles (Augusto Madeira), José (Pedro Tirolli) e Durval (Pedro Lucas) – Gobo/Helena Barreto

5 – Eternos sucessos

Imagina tudo isso embalado pelos grandes sucessos da dupla. Ao longo dos episódios, o público relembra também as músicas que conquistaram os fãs dupla como Fio de Cabelo, Evidências e Galopeira. Sobre o assunto, o diretor Hugo Prata contou como foi desafiante fazer um estudo minucioso da extensa discografia da dupla e elencar qual seria a canção ideal para cada episódio, cada momento. Mas deu certo!

Ex-mulher de Chitãozinho, Adenair Lima exibe fotos raras da época de ‘José e Durval’

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Núcia Ferreira
Núcia Ferreira
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.