Roberto Cabrini – Instagram

Em entrevista ao nosso repórter Jan Rios durante a edição 2019 do Teleton, no SBT, Roberto Cabrini falou com exclusividade ao Área VIP. O jornalista comentou sobre a importância da AACD e do evento Beneficente para a sociedade brasileira. Além disso, revelou se pretende trocar a televisão pela política (assista a reportagem no final do texto).

+Roberto Cabrini entrevista o general vice-presidente Hamilton Mourão no Conexão Repórter

Durante o papo, Roberto contou sobre a experiência de poder participar de um evento como o Teleton em prol de outras pessoas que necessitam de ajuda. “A minha profissão me possibilitou viajar o mundo, oportunidades incríveis, conheci pessoas de todas as culturas e todas civilizações. Cobri guerras, entrevistei líderes mundias, entrevistei pessoas perigosas, pessoas humanitárias, mas se existe algo que me dá satisfação é poder participar deste projeto [Teleton]. Porque esse projeto é demonstração de que a sociedade pode encontrar as próprias ferramentas para melhorar a suas condições”, disse.

O jornalista ainda complementou ressaltando sobre a necessidade de uma mobilização social para a construção de um país mais justo, além de expor a importância de entidades sérias que contribuam para a participação das pessoas em doações, assim como acontece durante o Teleton.

+Roberto Cabrini revela detalhes de um caso que pode ter colocado um inocente atrás das grades

“A existência do Teleton e da AACD é a demonstração de que isso pode ser feito, de que a população brasileira é sensível quando fica diante de projetos que merecem credibilidade. As pessoas percebem que o real ou centavo que ela investir vai de fato ajudar alguém, porque nós temos um grave problema de credibilidade, de tantas instituições, onde você não sabe se está sendo usado para algo ou para enriquecer pessoas…”

E já que o assunto é ajudar mais pessoas, será que Roberto Cabrini se interessa pela vida política? Jan Rios tratou logo de questionar o comunicador sobre uma possível candidatura.

“Olha nesse momento eu acho que eu contribuo muito mais fazendo um bom jornalismo. Claro que a vida é dinâmica, mas, nesse instante eu acho que eu contribuo mais fazendo jornalismo, porque você teria que se associar a um determinado partido e eu não estou pronto para isso”, respondeu Cabrini.

O jornalista ainda complementou dizendo que a comunicação é também uma forma de pedir mudanças e alertar sobre diversos problemas: “Eu acho que a gente precisa alertar as pessoas dos seus próprios direitos e no jornalismo eu me sinto mais bem equipado para fazer isso”.

Sempre muito amável como a nossa equipe, Cabrini nos encheu de satisfação com um carinhoso depoimento sobre o nosso Área VIP: “Parabéns pelo Área VIP que é realmente um espaço democrático e muito inteligente. Eu vejo matérias feitas de forma muito inteligente e de forma democrática. Enfim, vocês estão no caminho certo. ‘Tamo junto’!”

Quer conferir a entrevista com Roberto Cabrini na íntegra? Assista no vídeo a seguir!



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here