Simone e Simaria (Globo/João Cotta)
Simone e Simaria (Globo/João Cotta)

Quantos sentidos a música é capaz de ativar além da audição? Quantas emoções ela é capaz de despertar? Certamente, são inúmeras. E quando isso tudo envolve ainda a leveza das crianças, qualquer sentimento é capaz de se multiplicar ainda mais rapidamente.

Com estreia prevista para o dia 05 de janeiro, cada episódio da nova edição do ‘The Voice Kids’, será recheado de canções como os elementos condutores da voz e da pureza dos participantes – crianças e jovens entre 9 e 14 anos de idade – que fazem com que uma fantástica fábrica de música vá sendo formada a cada etapa do reality musical.

André Marques diz que é difícil segurar o choro no The Voice Kids

Em 2020, os talentos voltam a ser guiados pelos técnicos Carlinhos Brown, Claudia Leitte e a dupla Simone & Simaria. O programa começa com a fase de ‘Audições às Cegas’ e, nesta etapa, os participantes vão se dividir em três times, compostos, cada um, por 24 jovens. “São jovens muito talentosos e que nos enchem de orgulho e esperança. Eles chegam numa onda tão bonita de alegria que faz com que toda a equipe surfe junto nessa energia em todas as fases do Kids. É muito gratificante fazer parte dessa etapa da vida e da carreira de cada um deles”, comemora Flavio Goldemberg, diretor geral do programa.

Veterano na família ‘Voice’, Carlinhos Brown afirma que as crianças sempre trazem novidades. “Em tudo o que fazem, as crianças colocam o seu toque, a sua verdade, e deixam tudo como novo. As músicas – algumas canções que todos nós conhecemos tão bem – vão se renovando através das vozes delas”, acredita. Em seu papel como técnico, Brown diz que sua principal meta é deixar os participantes seguros. “Há um jogo, claro, mas o ‘The Voice Kids’ é uma brincadeira também, então tem que ser leve. E cheio de aprendizados. Falamos sempre a verdade para as nossas crianças e isso é fundamental para que cresçam, mas sempre com muito amor e muito cuidado”, revela.

Claudia Leitte fala sobre mais um ano como técnica do ‘The Voice Kids’. “Não sei se sou eu nesse meu novo momento da maternidade ou se é porque o programa está ainda mais lindo, mas acho que nós estamos ainda mais à vontade nesta edição. Foi maravilhoso participar de cada temporada, mas parece que nessa tem um negócio novo acontecendo”, comenta a cantora. Para ela, o sentimento principal que faz com que tudo flua tão naturalmente é o amor. “Colocamos sempre o amor na frente. Porque ali está alguém que, assim como nós, tem sonhos, momentos difíceis, que fica nervoso. E a empatia só vem pelo amor. Então, a regra é clara: bota amor e vai!”, fala.

Morre músico da equipe de Claudia Leitte e cantora lamenta

Viver grandes emoções e conquistar o tricampeonato” é o que espera Simone, técnica ao lado de Simaria. “É muito saudável tudo o que a gente vive aqui com as crianças, mas é muito bom ganhar também. E, mais importante ainda é ver as crianças felizes, realizando seus sonhos. Colocamos todo o nosso coração no ‘The Voice Kids’ para que essa magia que é o programa aconteça. A pureza deles nos ensina demais”, conta Simone. A irmã, Simaria, também destaca o aprendizado. “Nosso coração sempre fica saltitante porque ‘The Voice Kids’ é aprendizado. Sempre voltamos para casa com alguma lição linda: de amor, de cresimento, de olhar o outro com cada vez mais carinho”, diz.

Sertanejas Simone e Simaria celebram marca na web

André Marques, que está no comando da atração desde a terceira edição, revela que o sentimento é diferente a cada ano. “Vai chegando a estreia do ‘The Voice Kids’, a gente acha que está preparado, mas não é simples assim. A fórmula é sempre nova porque são novas crianças, novas famílias, novos sonhos”, diz. Companheira de palco de André, Thalita Rebouças associa seu trabalho de escritora ao programa. “Eu espero que as pessoas se emocionem, que vejam esse programa em família. Afinal, todo meu trabalho, tudo o que eu escrevo é para aproximar os pais dos seus filhos’, afirma.

The Voice Kids (Globo/João Miguel Júnior)
The Voice Kids (Globo/João Miguel Júnior)

As fases do ‘The Voice Kids’

Audições às cegas – Esta é a primeira fase do ‘The Voice Kids’. Nas audições às cegas os candidatos se apresentam e são avaliados apenas pela sua voz. Nesta etapa, os técnicos viram suas cadeiras para os participantes que mais lhe tocam e montam seus times. Se mais de um técnico escolher o mesmo cantor, quem escolhe com quem quer trabalhar é o próprio candidato. Cada time termina esta fase com 24 candidatos.

Batalhas – Com as equipes formadas no Time Claudia Leitte, Time Simone & Simaria e Time Carlinhos Brown, começam as Batalhas. Nelas, os jovens cantam em trios com integrantes do próprio time. Após cada apresentação, cabe ao técnico decidir quem, da sua equipe, avança para a próxima etapa.

Shows ao vivo – Nesta etapa, as disputas passam a ser ao vivo e o público começa a ajudar na decisão de quem continua no reality musical.

Quartas de final – Ao final de cada show, parte dos candidatos segue no programa. O público e os técnicos participam desta decisão.

Semifinal – Após as apresentações, o público e os técnicos decidem os finalistas do programa.

Grande final – Na final, os finalistas se apresentam em um grande show. Caberá apenas ao público decidir o campeão do ‘The Voice Kids’ 2020.

O ‘The Voice Kids’ tem apresentação de André Marques, com Thalita Rebouças nos bastidores e direção-geral de Flavio Goldemberg.

O Área VIP marcou presença na coletiva de imprensa que aconteceu na última quinta (12), no Rio de Janeiro. Confira um recado especial que André Marques e as coleguinhas mandaram para o nosso público.

Veja:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here