Marcio Garcia (Globo/Victor Pollak)
Marcio Garcia (Globo/Victor Pollak)

Pode colocar mais uma cadeira à mesa, porque, no próximo domingo, o ‘Tamanho Família’ de Márcio Garcia está voltando para participar dos almoços em família. Prestes a estrear sua quinta temporada, a atração traz algumas novidades.

Agora os participantes traçam suas estratégias a cada prova, escolhendo quantos pontos vão investir em cada etapa, aumentando as chances de surpresa – e somando pontos para a vitória – até o fim de cada programa. O cenário também está diferente e coloca as duas famílias juntas, lado a lado, no palco. Tudo, claro, sem perder aquela dinâmica que o consagrou: de forma leve, divertida e com emoção, famosos e seus familiares se enfrentam com brincadeiras que revelam a rotina e trazem à tona memórias e detalhes da intimidade dos participantes. Sempre levantando questões que são comuns a todas as famílias.

Em cinco temporadas – 55 programas e 110 famílias reunidas no palco – o que não faltou foi assunto, e emoção, no almoço de família. “Apesar de família ser tudo igual, cada indivíduo é um indivíduo. É que nesse caos da mistura de personalidades, o produto final, que é a família, é sempre muito parecido. Tem sempre acordos, discórdias, divergências, mas no fim todo mundo se perdoa, se tolera, se ama. Acho a família a instituição mais democrática que tem”, resume Márcio Garcia, que fala abaixo sobre como o programa mexeu também na sua dinâmica pessoal com a própria família.

Marcio Garcia com a Família Lima (Globo/Paulo Belote)
Marcio Garcia com a Família Lima (Globo/Paulo Belote)

Convidados

Entre os convidados já confirmados estão Ivete Sangalo, Zezé Di Camargo, Fabio Porchat, Luís Lobianco, Elba Ramalho, Paulo Ricardo, Leticia Colin, Caio Castro, Joelma, Lucas Lucco, Jonathan Azevedo, Fernanda de Freitas, entre outros.

Entrevista com Márcio Garcia

Que novidades podemos encontrar na nova temporada?
Na nova temporada a disputa está mais dinâmica, porque os convidados podem apostar um valor para cada brincadeira e isso aumentou as chances de uma reviravolta no placar. Temos ainda um cenário novo, que deixam todos ainda mais próximos, com os dois sofás lado a lado. Com isso, as famílias interagem mais, participam mais dos papos umas das outras, dividem histórias. 

Que tipo de provas o público vai poder ver nessa temporada?
Acho que as provas estão ainda mais divertidas. Teremos algumas provas mais tecnológicas, muita coisa com simulação de game, óculos de realidade virtual, painéis interativos em que a gente pisa em cima, bem legal. E sempre pensamos em uma dinâmica em que o pessoal de casa possa participar e torcer também.

Pode-se dizer que essa é a temporada mais musical do programa?
Sim, temos mais musicais porque tivemos mais convidados cantores e acho que isso faz com que a gente tenha uma temporada com bastante música. Teremos Ivete, Zezé di Camargo, Paulo Ricardo, Simone & Simaria, Joelma e Lucas Lucco, entre os convidados. 

Qual foi a sua maior surpresa em relação a um convidado?
Nessa temporada nos divertidos muito, rimos muito e nos emocionamos também. Mas acho que posso citar como surpresa algumas das histórias que assisti e conheci em temporadas passadas. Nos programas com o Whindersson Nunes e com o Gustavo Lima no ano passado, por exemplo. Os dois vieram de famílias muito pobres, carentes mesmo, de não ter chão ou telhado e tiveram uma ascensão vertiginosa. Eu não tinha noção de que eles tinham passado por tanta coisa e nem que tinham conquistado tanto. Sabia que eram pessoas de sucesso, mas na verdade são dois ícones: da internet e da música. Eles não só superaram as dificuldades, como alcançaram um sucesso muito grande.

O que o programa, e a troca de experiências com tantas famílias, te trouxeram na bagagem?
Me trouxeram várias experiências e convicções. A primeira é de que família é mesmo tudo igual, no sentido de que todas tem um pouco da desordem, e também muito amor. É uma bagunça organizada. Mas cada programa, na verdade, é um aprendizado porque, ainda assim, percebo que são todas únicas. É sempre muito bom ouvir os pais, avós, pessoas experientes. Todas as vezes em que a gente fala em família e parentes a gente está trocando experiências e aprendendo. 

No final das gravações desta edição serão 5 temporadas, 55 programas, 110 famílias. Essa experiência mudou a forma como você vê a sua família?
Já tinha as minhas convicções porque sempre procurei ler muito livros com dicas de educação, etc. Mas conversas novas sempre acrescentam, não é? Informação nesse sentido, sempre vai somando, acoplando com as nossas próprias experiências. Algumas coisas que eu achava que fossem certezas absolutas, percebi que não são. Então, apesar de família ser tudo igual, cada indivíduo é único. É que nesse caos da mistura de personalidades, o produto final, que é a família, é sempre muito parecido. Tem sempre acordos, discórdias, divergências, mas no fim todo mundo se perdoa, se tolera, se ama. Acho que a família é a instituição mais democrática que existe.

Tamanho Família’ vai ao ar depois do ‘Esporte Espetacular’, com direção geral de Bernardo Portugal e redação final de Elbio Valente.

Veja também:

Depois de quase 20 anos, Ana Maria reencontra Palmirinha



5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here