MSN

quarta-feira, 29 de maio de 2024

Tiago Dionisio, após eliminação de ‘A Grande Conquista’, detona Bruno Tálamo: “falso”

Participante deixou o reality com 20,69% dos votos do público

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Tiago Dionisio
Tiago Dionisio – Foto: A Grande Conquista/Record TV

O participante Tiago Dionisio deixou ‘A Grande Conquista‘ na noite desta quinta-feira, 15 de junho, com apenas 20,69% dos votos do público. Sendo assim, após a sua eliminação do reality show comandado por Mariana Rios, o jovem artista concedeu uma entrevista ao programa e desabafou sobre sua eliminação no jogo e ainda deu sua opinião sobre Thiago Servo e Bruno Tálamo, com quem teve várias desavenças durante o confinamento.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, após deixar o reality show da Record TV, Tiago Dionisio detonou Bruno Tálamo, afirmando que o mesmo era ‘covarde e falso’. “Esse é safado. Eu quis sair do grupo justamente por causa dele. É um cara que só fala “groselha”, é falso, covarde. Sei que lá é só um jogo, mas ele é um tipo de pessoa que nem é bom ter amizade aqui fora também“, disse ele, após ser questionado sobre o que achava do repórter.

+ A Grande Conquista: Tiago Dionísio é eliminado do reality

Confira a entrevista completa com Tiago Dioniso

Você tem mais de 10 milhões de seguidores nas suas redes sociais. Você acha que isso atrapalhou, deixando você numa zona de conforto? Eu acho que não. O que me deixou mais tranquilo foi ter participado de outras Zonas de Risco e ter ficado, não as redes sociais. Nessa questão de redes sociais, eu tinha medo desde a primeira, que eu fui com gente que tinha menos seguidores, mas eu estava com o coração acelerado. Mas como a pessoa vai voltando, vai ficando mais confiante e aí foi esse baque que deu, que acabei sendo eliminado.

- Continua após o anúncio -

O que você teria feito diferente para continuar no jogo? Eu não faria nada diferente, eu não me arrependi, mas se eu tivesse “babado” mais umas pessoas do grupinho, fingir ser amigo deles, eu teria continuado. Mas eu acho que eu não conseguiria fazer isso. Melhor ter sido eu mesmo e sair com a cabeça tranquila.

Muita gente tem algum tipo de problema com o Thiago Servo. Qual a sua opinião sobre ele? Acho ele muito esperto, porque fica com esse “miguezinho” de ser excluído, de ficar levando pancada dos outros. Vai acabar chegando na final com essa conversinha. Ele dorme no sofá tendo um bocado de cama disponível. Isso já é uma jogadinha dele de dizer “eu sou o excluído”. Então, tem que ficar ligado nele.

- Continua após o anúncio -

+ A Grande Conquista: Bruno Tálamo briga com Murilo

Você se arrepende de ter provocado a Gyselle em alguns momentos? Eu não queria ter chegado ao ponto de fazer ela chorar. Fazer mulher chorar é muito feio. Mas, em alguns momentos, eu não fazia nada e ela já se estressava, já se exaltava. Da parte dela, também é muito estressadinha, não só comigo, mas com os outros moradores também. Muita gente reclamava dela, quando eu defendia. Depois que ela começou a ser implicante comigo, eu comecei a parar de defendê-la.

Com quem você não conviveria de jeito nenhum de novo: seja no luxo da Mansão ou no perrengue de uma Vila? Seria o Bruno Tálamo. O Thiago Servo ainda troca uma ideia legal, solta umas brincadeirinhas. Mas o Bruno Tálamo é só “groselha” o dia todo, então, não dá para conviver muito, não.

Para quem vai a sua torcida? Fica para o Murilo. Eu gosto muito do Suita e da Sandra também. Mas o Murilo, pela história, pela trajetória, merece muito o prêmio. Eu vou estar aqui torcendo por ele.

+ Faby Monarca esclarece real motivo de ter deixado A Grande Conquista

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.