A mineira Angélica é a sétima eliminada do Big Brother Brasil 10, em um Paredão com recorde de votos: mais de 77 milhões. Com 55% dos votos, a jornalista deixa a corrida pelo prêmio de R$ 1,5 milhão depois de disputar a preferência do público com o indicado pela casa, Dicesar, que levou 7% dos votos, e Dourado, indicado pelo líder Eliéser, que teve 38% dos votos. Angélica foi ao Paredão depois de atender o Big Fone e ir para o Quarto Branco levando Cláudia e Sérgio, que foi imunizado pelo voto popular. Os brothers da casa, então, tiveram que decidir entre mandar as duas sisters ou apenas uma ao Paredão e Angélica foi a escolhida.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here