Deitado na sua cama do Quarto Tattoo, Dicesar reclama com Dourado da brincadeira de Anamara e Lia na noite anterior, que o acordaram de madrugada: “Eu levei um susto porque elas começaram a rir. Mas elas viram que eu me assustei e saíram.”

Dourado relembra a brincadeira das sisters, que foram pedir a chave da casa para o maquiador: “Elas disseram que tão morando aqui há dois meses e ainda não têm a chave.” Dicesar, então, comenta: “Numa boa, Dourado. Eu sei como você é. Uma coisa que eu respeito é sono. Nunca vou acordar eles de madrugada. Ontem tava demais”, diz para o lutador, que sugere: “Você tem que falar com eles então.”

“Eu sempre falei isso com o Serginho: não me acorda de madrugada. Mas eles querem fazer discurso, né? Querem ficar na porta do quarto contando a vida deles, olha o tamanho da casa”, reclama o paulista que, em seguida, sai do quarto e encontra Michel na sala. Os dois se abraçam, o publicitário ri e Dicesar se desculpa por ter se irritado com os brothers ontem à noite: “Bom dia querido. Desculpa. Mas vocês tavam falando muito alto ontem.”

“Você tava muito nervoso”, lembra Michel e Dicesar justifica: “Eu tomei um susto. Duas horas depois as duas ainda vieram me acordar.”



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here