Reprodução

Ao sair da casa do BBB11, Daniel não escondeu a frustração por ter ficado em terceiro lugar. “Fiquei decepcionado, achei que ia ficar em primeiro”, diz o ex-brother. “Maria venceu tudo, levou tudo”, brinca, fazendo referência, não só ao prêmio de R$ 1,5 milhão, mas também ao fato de Maria ter conquistado Wesley.

Em relação a seu afastamento e críticas à sister nos últimos dias do programa, o pernambucano afirma que Maria o deixou um pouco irritado após a Prova do Líder “Vai e Vem”. “Não falei mal de Maria. Eu gosto muito dela, ela é muito amiga. Ela estava cansativa, me irritou depois da prova”, explica ele.

Daniel acredita que seu comportamento durante as festas do BBB11 não o prejudicou. “Pode ter havido um julgamento, mas eu não deixei de ser quem eu sou”, argumenta. Ele conta que, no início, houve uma preocupação em relação a sua imagem diante das idosas do abrigo que administra. “Ficava com aquela ressaca moral”, admite. Mas, aos poucos, o pernambucano foi deixando o receio de lado. “Eu tenho que ser eu mesmo. Uma coisa é o abrigo, outra coisa é a minha vida pessoal”, justifica.

O ex-brother revela que havia deixado um namorado em Recife ao entrar no confinamento. “Eu espero que ainda tenha”, ressalta. No entanto, Daniel conta que o moço não quis ter sua identidade revelada: “Ele não queria aparecer de jeito nenhum”. Sobre uma suposta atração por Wesley, ele lembra: “Eu tenho alguém aqui fora e é muito melhor fazer amor com ele”. O pernambucano não esconde a ansiedade de falar com o namorado ainda hoje. “Acho que vou pegar o celular de alguém, porque o meu eu deixei em Recife”.

Daniel diz que durante sua participação no programa se aproximou mais de Lucival e das mulheres. Ele ressalta que estranhou a recepção de Jaqueline no momento em que ele saiu da casa e cumprimentou todos os brothers: “Ela me deu um abraço frio”. O ex-brother comenta que não sentiu afinidade com Diogo e, de início, com Rodrigão. Sobre o paranense, ele diz: “Passei a gostar dele”. Apesar de ter questionado a orientação sexual de Rodrigão na casa, o pernambucano não acredita que o modelo seja homossexual. “Até que eu veja na cama, ele não é”, dispara.

Sobre a vida após o programa, Daniel afirma que gostaria de seguir uma carreira artística. “Vou agarrar tudo o que tiver na minha frente”, diz ele. Apesar de achar uma proposta improvável, o pernambucano não descarta a possibilidade de posar despido. “Acho que as velhinhas que não vão gostar”, brinca.







DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here