Frederico Rozário/TV Globo

Monique viveu intensamente cada minuto do Big Brother Brasil 12. Parecia até esquecer das inúmeras câmeras do programa. Por esse descuido, talvez, acabou protagonizando a maior polêmica de todas as edições do programa. Eliminada com 52% dos votos no paredão surpresa, a gaúcha participou de uma entrevista coletiva e falou com naturalidade sobre tudo o que rolou debaixo do edredom com o modelo Daniel, expulso da casa na primeira semana de confinamento, informa o jornal O Dia.

“Naquela noite eu bebi bastante. Me lembro que aticei a vontade dele. Fomos para o quarto, deitamos juntos em comum acordo. Quero deixar bem claro que tudo aconteceu em comum acordo. As trocas de carícias, os beijos…Eu quis e ele quis”.

“Eu dormi, mas conversamos no outro dia. Ele me falou que não aconteceu nada. Eu também tenho certeza de que não aconteceu nada. Se estivesse bom, eu acordaria, né?”

Questionada se irá defender Daniel caso seja intimada a depor, Monique afirmou que pretende esclarecer o que aconteceu e colocar um ponto final no caso. Se achou justa a expulsão de Daniel do programa, a estudante de Administração de Empresas não quis se comprometer: “Eu não mando nas regras do programa, mas não queria que ele saísse”, declarou a morena.

Monique disse também que ficou assustada com o envolvimento da polícia no caso. É impossível dizer que não me assustei. Eu estava trancada na casa há alguns dias e, do nada, tudo aquilo aconteceu”.

Se posaria para uma revista masculina, Monique respondeu sem titubear: “Posaria, sim. Mas antes eu teria que emagrecer, fazer uma lipo e colocar um silicone”. A bela já consegue até imaginar o tema de seu ensaio: “Quem sabe um ensaio na Selva?”, brincou.





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here