Portal MSN

Linn da Quebrada desabafa sobre ir ao Paredão no BBB22

Sister abriu o coração em desabafo com colegas de confinamento

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Linn da Quebrada e Jessilane no BBB22
Linn da Quebrada e Jessilane no BBB22 (Foto: Reprodução/Globo)

A cantora Linn da Quebrada caiu no choro na madrugada desta segunda-feira, 04 de abril, após ser indicada ao Paredão no BBB22. Sendo assim, a jovem artista revela que não pensou que a dor de está numa berlinda seria tão forte, como está sendo para ela.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, antes de ir dormir no quarto Grunge, Linn da Quebrada desabafa com Jessilane na área externa do BBB22 e comenta sobre o sentimento de estar no Paredão. “Nossa, a minha cabeça fica me sabotando. Vai para todos os lugares possíveis, pensa em todas as coisas possíveis, cenários mais positivos e menos positivos”, inicia ela.

+BBB22: Jessilane se revolta com vitória e VIP de Paulo André: “Não quero acreditar”

No entanto, Jessilane, tentando consola-la destaca: “Vai dar certo. Eu tenho certeza que vai dar certo”, comenta a professora. “Acredito”, concorda a atriz. Jessi ainda diz: “Tem que acreditar mesmo. A gente tem que acreditar ainda mais agora. Se a gente não acreditar mais na gente…”, orienta.

- Continua após o anúncio -

Mais sobre a matéria de Linn da Quebrada no BBB22

Sedo assim, aos risos a meninas do quarto Grunge pontuam: “É só ladeira abaixo e os meninos não vão fazer isso pela gente”, lembra Jessilane. “Exatamente”, concorda Linn. “A gente tem que acreditar que temos a mesma chance de ganhar como eles têm, de ir e voltar do Paredão”, reforça a professora.

+Paredão falso do BBB22 divide opiniões na web: “Melhor o Gustavo”

- Continua após o anúncio -

No entanto, Linn revela que se sente impotente, em estar no paredão: “O momento que a gente vai ao Paredão é inevitável essa sensação de dúvida, de impotência também”, desabafa. “A gente fica com um sentimento que não tem o que fazer, né? E de fato não tem”, comenta Jessilane. “Não tem”, acrescenta Lina. “O que a gente podia fazer, fez. A gente viveu, se jogou, brigou, xingou, dançou. Tudo a gente já fez”, finaliza Jessi.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.