fbpx

Jojo Todynho surge aos prantos e faz desabafo sobre isolamento social

A cantora usou as plataformas digitais para desabafar sobre a saudade que está sentindo da avó.

Lucio Mauro Filho lamenta morte: “Bom descanso”

Nas redes sociais o ator lamentou a partida da prima e prestou uma homenagem.

BBB20: “Prefiro incomodar a ser indiferente”, declara Manu sobre o jogo

Manu desabafou com Rafa sobre o último paredão em que enfrentou Felipe Prior e Mari .

Fiuk movimenta a web ao relembrar cena romântica com Bruna Marquezine em novela

O ator usou as redes sociais e relembrou um momento ao lado de Bruna Marquezine.

Ticiane Pinheiro emociona ao falar sobre filho de Marcos Mion

Nesta quinta-feira é o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, diagnóstico que faz parte da vida do filho de Marcos Mion, o jovem Romeo.

BBB20: Selinho de Rafa Kalimann em Gizelly e Ivy agita web

A digital influencer e a advogada já ganharam torcida das redes sociais

“Achei importante me manifestar”, diz Anitta sobre caso de assédio envolvendo jovem de 17 anos

-

Anitta / Instagram

Nesta semana, um caso de assédio repercutiu nas redes sociais. O nome da cantora Anitta também acabou entrando na roda, isso porquê o motorista acusado de assediar a garota de 17 anos disse, em entrevista, que a vítima estava usando um “short tipo Anitta”, na tentativa de justificar o ato criminoso.

O assediador deu a entender que o fato da menina estar usando uma roupa curta sinalizava que ela estava “dando mole” para ele. Ao ficar sabendo da declaração, a cantora usou o Twitter para se posicionar sobre o caso.

+Solteiro, Pedro Scooby curtirá Carnaval no camarote de Anitta no Rio de Janeiro

Anitta escreveu na rede social que não existe nenhuma justificativa para assediar uma mulher. “NADA justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, falar etc não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada e/ou invadida, abusada, estuprada etc”, escreveu ela.

+Em meio a crise no casamento, novo irmão de Anitta toma decisão

Em entrevista à revista Quem, a poderosa voltou a comentar sobre o assunto e ainda ressaltou que em época de Carnaval assédios acabam aumentando. “Eu resolvi postar e me manifestar no Twitter porque, ainda mais com o Carnaval chegando, as pessoas bebem e as mulheres gostam de se fantasiar. Isso não quer dizer que elas estão dando liberdade ou autorização para qualquer tipo de assédio. Como, por exemplo, puxada de cabelos, braços, passar a mão, isto não existe e nada justifica”, disse.

+Assediador diz que vítima de 17 anos estava usando short tipo Anitta, e cantora se revolta

“Um homem jamais pode achar que por causa de uma fantasia, ou de uma roupa, ou de um jeito de dançar, a mulher está pedido para ser assediada. Eu achei importante me manifestar no meu Twitter. Ok, a gente pode gostar de pegação, mas existem os limites, o respeito até para você flertar, paquerar. Uma coisa é paquerar com respeito, outra é assediar”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here




site statistics